Globalização e infância: outros desafios para a escolarização das crianças

Roberto Sanches Mubarac Sobrinho

Resumo


O objetivo deste texto é fazer uma reflexão acerca dos novos desafios que estão se sedimentando em relação às crianças e suas infâncias e evidenciar a necessidade de serem consolidados espaços em que elas sejam protagonistas nas transformações das formas de entendimento da realidade tanto social quanto educacional. Isto implica numa efetiva participação e se torna lócus privilegiado para a construção das suas culturas infantis, o que, sem sombra de dúvidas, requer a emergência de outras possibilidades e práticas que possam abrir caminhos para que o testemunho das crianças seja reconhecido como fonte de verdade e suas vozes sejam ouvidas e escutadas para a redefinição de uma sociedade com elas e para elas. Uma sociedade menos homogeneizadora – como tanto decanta os ditames da globalização – e que caminhe em direção à diversidade e aos cotidianos das crianças em seus múltiplos e diversos contextos.


Palavras-chave


Globalização; Infância; Escolarização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v0i6.9246



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.