Políticas de qualificação da educação: a meta 07 do Plano Estadual de Educação de MS em questão

Milene Dias Amorim

Resumo


Objetiva-se aqui analisar a concepção de qualidade presente no Plano Estadual de Educação do estado de Mato Grosso do Sul de 2014, mais precisamente sua meta 07, que tem como tema central a “qualidade da educação”. Para tanto, serão utilizadas a análise bibliográfica da literatura concernente ao assunto e a análise documental, que terá como principal fonte de estudo o PEEMS/2014. Também foram utilizados dados estatísticos para melhor contextualizar o cenário educacional estadual. Conclui-se que o plano estadual de MS faz menção a uma qualidade socialmente referenciada, porém suas estratégias se engendram por perspectivas gerencialistas na medida em que dá grande ênfase às avaliações em larga escala, chegando a tratá-las como fundamental para a garantia de uma educação com qualidade.

Palavras-chave


Política Educacional; Qualidade da Educação; Plano de Educação

Texto completo:

PDF XML

Referências


BRASIL. Congresso Nacional. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, Centro gráfico, 1988.

BRASIL. Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Brasília, DF: Senado Federal, 1996.

BRASIL. Lei n°. 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providencias, publicada no DOU. Brasília, DF: Senado Federal, 2014.

DEMO, P. Educação e Qualidade. 10. ed. Campinas: Papirus, 2006.

DOURADO, L. F.; OLIVEIRA, J. F.; SANTOS, C. A. Qualidade da educação: conceitos e definições. Brasília: INEP, 2007. 65 p.

ENGUITA, M. F. O discurso da qualidade e a qualidade do discurso. In. GENTILI, P. A. A; SILVA, T. T. da. Neoliberalismo, Qualidade Total e Educação. Petrópolis/RJ: ed. Vozes, 1996.

FONSECA, M. Políticas públicas para a qualidade da educação brasileira: entre o utilitarismo econômico e a responsabilidade social. Cad. Cedes, Campinas, v. 29, n. 78, p. 153-177, maio/ago., 2009.

FONSECA, Z. V. D.; OLIVEIRA, N. C. M. de. Qualidade da Educação Pública Brasileira: as diferentes perspectivas em disputa. Porto Alegre: UFRGS/FACED/PPGEDU, 2007.

FREITAS, D. N. T. de. Ação reguladora da União e qualidade do ensino obrigatório (Brasil, 1988-2007). Revista Educar, n. 31, p. 33-51, 2008.

GENTILI, P. A. A. Adeus à escola pública: a desordem neoliberal, a violência do mercado e o destino da educação das maiorias. In: GENTILI, P. (org.). Pedagogia da exclusão. 13 ed. Petrópolis: Vozes, 2007.

IBGE. Taxa bruta de natalidade. 2013. Disponível em: http://brasilemsintese.ibge.gov.br/populacao/taxas-brutas-de-natalidade.html. Acesso em: 28 jun. 2017.

KRAWCZYK, N. R. Políticas de regulação e mercantilização da educação: socialização para uma nova cidadania? Educação & Sociedade, Campinas, v. 26, n. 92, p. 799-819, Especial, out., 2005.

LIBÂNEO, J. C.; OLIVEIRA, J. F. de; TOSCHI, M. S. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. São Paulo: Cortez, 2008.

MEC/INEP. Censo escolar 2015: notas estatísticas. Brasília-DF: MEC/INEP, 2016.

OLIVEIRA, R. P. Da universalização do ensino fundamental ao desafio da qualidade: uma análise histórica. Educação & Sociedade, out. 2007, vol.28, no.100, p.661-690. ISSN 0101-7330.

OLIVEIRA, R. P.; ARAUJO, G. C. de. Qualidade do ensino: uma nova dimensão da luta pelo direito à educação. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 28, 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo. Acesso em: 11 Abr. 2007.

PARO. V. H. A gestão da educação ante as exigências de qualidade e produtividade da escola pública. In. SILVA, L. H. da; (org.) A escola cidadã no contexto da globalização. Petrópolis, Vozes, 1998. p. 300-307.

SAYÃO, L. G. dos S. Condicionantes da política: a formulação do Sistema de Avaliação da Educação da rede pública de Mato Grosso do Sul - SAEMS. Dissertação de Mestrado. Dourados, MS: UFGD, 2017.

SED/MS. Lei n° 4.621 de 22 dez. 2014. Institui o Plano Estadual de Educação de Mato Grosso do Sul. Campo Grande: SED, 2014.

SILVA, M. A. da. Qualidade social da educação pública: algumas aproximações. Caderno CEDES, v. 29, n. 78, p. 216-226, 2009. ISSN 0101-3262.

WARDE, M. J. As políticas das organizações internacionais para a educação. Em Aberto. Brasília, ano 11, n° 5 6, out./dez., 1992.




DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v22.n2.maio/ago.2018.11168



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.