A formação integral e o desenvolvimento das habilidades socioemocionais frente à prevenção de ocorrência de casos de bullying nas escolas

Autores

  • Alessandra Rodrigues de Freitas Sanzovo Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas (PECEGE) Esalq/USP MBAs – Piracicaba – SP
  • José Anderson Santos Cruz Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas (PECEGE) Esalq/USP MBAs – Piracicaba – SP https://orcid.org/0000-0001-5223-8078

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v25i3.16090

Palavras-chave:

Inclusão, Educação, Respeito, Valores morais, Empatia

Resumo

O objetivo desta pesquisa é demonstrar o quanto uma formação integral de qualidade pode possibilitar o desenvolvimento de habilidades socioemocionais. Uma formação que visa não só deixar os alunos o dia todo na escola, mas, principalmente, trazer uma educação significativa que possibilite que ele vivencie o seu dia a dia nos estudos com uma matriz curricular ampliada. Ao desenvolver habilidades socioemocionais, estes indivíduos se tornam seres mais empáticos e sensíveis às causas do outro e, também, seres passíveis de entender, aceitar e se envolver com demandas de inclusão, respeito e solidariedade. A pesquisa, ainda, traz reflexões de como a escola pode ser um complemento dos déficits familiares na formação de valores morais, valores éticos e consciência de respeito ao outro. Neste contexto, dentro de um novo modelo educacional, é possível verificar o quanto este aluno-cidadão se torna mais consciente e entendedor de práticas que podem agredir o outro. Uma escola que forma os alunos não só com conteúdo de uma matriz curricular engessada, mas num propósito de consciência da importância de conhecer e lutar por causas sociais, causas de inclusão e respeito a todos, com certeza é o modelo de escola mais contemporâneo que podemos ter. Consequentemente, diante deste cenário escolar, a pesquisa visa demonstrar o quanto este cenário é capaz de prevenir, reduzir e, quiçá, acabar com os casos de bullying nas escolas e na vida, já que a escola forma para além muros escolares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandra Rodrigues de Freitas Sanzovo, Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas (PECEGE) Esalq/USP MBAs – Piracicaba – SP

Especialista em MBA em Gestão Empresarial.

José Anderson Santos Cruz, Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas (PECEGE) Esalq/USP MBAs – Piracicaba – SP

Professor Associado. Doutor em Educação Escolar, Universidade Estadual Paulista - Faculdade de Ciências e Letra FCLAr/Unesp. Editor Adjunto e Executivo da RIAEE. Editor da Editora Ibero-Americana de Educação. Editor e Assessoria Técnica para periódicos.

Referências

AGÊNCIA BRASIL. Um em cada dez estudantes no Brasil é vítima frequente de bullying. Mariana Tokarnia. 2017. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/. Acesso em: 17 out. 2020.

AGUIAR, M. S.; COLARES, M. L. I. S. Educação em tempo integral: discutindo conceitos. Revista Amazônica, ano 10, v. XIX, n. 1, p. 285-309, 2017.

ANTUNES, A.; PADILHA, P. R. Educação Cidadã, Educação Integral: fundamentos e práticas. São Paulo: Editora e Livraria Paulo Freire, 2010.

BRASIL. Lei n. 13.185 de 6 de novembro de 2015. Institui o Programa de Combate à Intimidação Sistemática (Bullying). Brasília, 2015. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13185.htm. Acesso em: 17 out. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Brasília: MEC, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Programa Internacional de Avaliação de Estudantes [PISA]. Brasília: MEC, 2020. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/areas-de-atuacao/avaliacao-e-exames-educacionais/pisa. Acesso em: 31 out. 2020.

CAPUTI, D. R. P.; SILVA, V. F. Educação integral como possibilidade de enfrentamento ao bullying. Revista Educação, v. 15, n. 1, 2020 p. 164-170, 2020.

CLASSAPP. A importância da parceria escola-família na formação de valores. 2021. Disponível em: https://www.classapp.com.br/artigos/a-importancia-da-familia-na-escola-pt1. Acesso em: 14 fev. 2021.

DIÁRIO ESCOLA. Como avaliar as competências socioemocionais na escola? Daniela Andrioli. Disponível em: https://gestaoescolar.org.br/conteudo/2180/como-avaliar-as-competencias-socioemocionais-na-escola. Acesso em: 17 out. 2020.

DOGLIOTTI, P. et al. Cuerpo, sujeto y saber en un Espacio de Formación Integral. Revista de Extensión Universitaria, n. 10, p. 124-136, 2019.

ESCOLA DA INTELIGÊNCIA. Habilidades socioemocionais: como desenvolver nos professores? 2021. Disponível em: https://escoladainteligencia.com.br/habilidades-socioemocionais. Acesso em: 13 fev. 2021.

KRAWCZUN, N. Educação em valores um possível caminho para a superação da razão instrumental rumo à formação do cidadão. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 8, n. 2, p. 305-322, 2013.

LÍDER EM MIM. 2020. Disponível em: https://www.olideremmim.com.br/casel/. Acesso em: 17 out. 2020.

LOBATO, I.; CARVALHO, E. Família e escola de tempo integral: um diálogo necessário na formação do sujeito. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 8, n. 4, p. 861-874, 2013.

MÁRQUEZ, M. G. C. Formación en valoresuna alternativa para construir cidadania. Tabula Rasa: Revista de Humanidades, v. 6, p. 339-356, 2007.

MARTÍNEZ, N. I.; PÉREZ, C. R. Promoviendo la competência socioemocional em la infância temprana. Estudio de casos. Cuestiones Pedagógicas, v. 27, p 31-46, 2019.

MENESINI, E.; NOCENTINI, A.; CAMODECA, M. Morality Values, tradicional bullying, and cyberbullying in adolescence. British Journal of Developmental Psychology, v. 31, p. 1-14, 2011.

MICHAELIS moderno dicionário da língua portuguesa. São Paulo, Melhoramentos, 2011. Disponível em: http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php. Acesso em: 10 out. 2020.

OLWEUS, D. Bully/victim problems in school: Facts and intervention. European Journal of Psychology of Education, v. XII, n. 4, p. 495-510, 1997.

SILVA, G. M. Bullying na escolaum estudo sobre os fatores que influenciam o processo de ensino-aprendizagem nas turmas do 4º ano da Escola Municipal Paulo Freire, Tupanatinga/PE-Brasil. Revista Internacional de Apoyo a la Inclusión, Logopedia, Sociedad y Multiculturalidad, v. 4, n. 1, p. 16-30, 2018.

TOGNETTA, L. R. P. et al. Construção e validação de uma escala de valores sociomorais. Cadernos de Pesquisa, v. 46, n. 159, p. 186-210, 2016.

TOGNETTA, L. R.P. et al. Bullying e cyberbullying: quando os valores morais nos faltam e a convivência se estremece. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 12, n. 3, p. 1880-1900, 2017.

TREVISOL, M. T. C; PEREIRA, M. B. O.; MATTANA, P. Bullying na escola: causas e posicionamentos de alunos portugueses e brasileiros. Revista De Estudios E Investigación En Psicología Y Educación, v. 02, p. 63-68, 2017.

VERÁSTEGUI, R. L. A. A formação integral: um desafio pedagógico. Conjectura: filosofia e educação, v. 18, n. 2, p. 53-64, 2013.

Downloads

Publicado

08/12/2021

Como Citar

SANZOVO, A. R. de F.; SANTOS CRUZ, J. A. A formação integral e o desenvolvimento das habilidades socioemocionais frente à prevenção de ocorrência de casos de bullying nas escolas. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 25, n. 3, p. 2827–2842, 2021. DOI: 10.22633/rpge.v25i3.16090. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/16090. Acesso em: 24 maio. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)