O trabalho na Pedagogia Freinet, ou seus marcos pela renovação da educação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v26i00.17299

Palavras-chave:

Educação, Célestin Freinet, Método livre

Resumo

Este texto é sobre a ideia de trabalho na pedagogia Freinet. Não se trata de um texto puramente teórico que busca esmiuçar o conceito, mas, demonstrar como a pedagogia Freinet se desenvolve cotidianamente quando incorporada na prática. É um ensaio produzido em primeira pessoa, do ponto de vista de um professor formador de professores, atuando em cursos de formação docente e no mestrado e doutorado em educação, no Brasil. O objetivo principal é, na partilha da experiência, refletir sobre o sentido da docência e as dificuldades de se conseguir efetivar a renovação pedagógica presentada por Freinet, um centenário atrás.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivan Fortunato, Instituto Federal de São Paulo (IFSP), Itapetininga – SP – Brasil

Coordenadoria de Formação Pedagógica. Doutorado em Geografia e Doutorado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias, ambos pela UNESP.

Referências

BOLEIZ JÚNIOR, Flávio. Trabalho e práxis e sua relação com as pedagogias de Célestin Freinet e de Paulo Freire. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 41, n. 1, p. 49-62, 2005. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022015011744

FORTUNATO, Ivan. 50 anos sem Célestin Freinet, 500 anos de retrocesso das práticas escolares. Journal for Educators, Teachers and Trainers, Granada, v. 7, n. 1, p. 174-181, 2016a.

FORTUNATO, Ivan. Aprendendo com Célestin Freinet: o passado ainda é presente. Tendencias Pedagógicas, Madrid, v. 27, n. 1, p. 251-258, 2016b. DOI: https://doi.org/10.15366/tp2016.27.011

FORTUNATO, Ivan. Tornar-se professor: reflexões iniciais sobre um percurso paradoxal. South American journal of basic education, technical and technological, Rio Branco, v. 4, n. 1, p. 4-9, 2017.

FORTUNATO, Ivan. Caminhos da formação na licenciatura: de estudante a docente. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 14, n. 27, p. 172-185, 2018a. DOI: https://doi.org/10.22481/praxis.v14i27.2925

FORTUNATO, Ivan. A epistemologia da formação docente: o que se pode aprender com o empirismo de Freinet. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp, n. 2, p. 1995-2007, 2018b. DOI: https://10.21723/riaee.unesp.v13.iesp3.dez.2018.11904

FORTUNATO, Ivan; CUNHA, Carolina Rodrigues da; TEMPLE, Charles. Célestin Freinet’s pedagogical invariants: a pathway to free and collaborative school education. Quaderni di didattica della scrittura, Roma, v. 26, n. 2, p. 44-51, 2016.

FREINET, Célestin. As técnicas de Freinet da Escola Moderna. Trad. Silva Letra. 4a. ed. Lisboa, Portugal: Editorial Estampa, 1975.

FREINET, Célestin. A educação do trabalho. Trad. Maria Ermantina Galvão G. Pereira. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

FREINET, Célestin. Pedagogia do bom senso. Trad. J. Baptista. 7. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

FREINET, Élise. Nascimento de uma pedagogia popular: os métodos de Freinet. Trad. Rosália Cruz. Lisboa: Editorial Estampa, 1978.

FREINET, Élise. O itinerário de Célestin Freinet: a livre expressão na pedagogia Freinet. Trad. Priscila de Siqueira. Rio de Janeiro: Francisco Alves Editora S.A., 1979.

HARPER, Babette et al. Cuidado, Escola! desigualdade, domesticação e algumas saídas. São Paulo: Editora Brasiliense, 1980.

HERRAN, Agustin de la; FORTUNATO, Ivan. La clave de la educación no está en las nuevas Tecnologías de la Información y la Comunicación (TIC). Acta Scientiarum. Education (Online), Maringá, v. 39, n. 3, p. 311-317, 2017. DOI: https://doi.org/10.4025/actascieduc.v39i3.33008

LEGRAND, Louis. Célestin Freinet. Trad. José Gabriel Perissé. Recife, Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2010.

MORAN, José Manuel. Mudando a educação com metodologias ativas. In: SOUZA, Carlos Alberto de; MORALES, Ofelia Elisa Torres. (org.). Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: Aproximações jovens. Ponta Grossa: UEPG/PROEX, 2015. v. II, p. 15-33.

NEILL, Alexander Sutherland. Um mestre contra o mundo: o fracasso que floriu numa nova escola. Trad. Aydano Arruda. São Paulo: IBRASA, 1978.

VILELLA, Maria Fernanda Ferraz. A pedagogia Freinet e a escola pública: uma nova abordagem para um velho problema. Pró-Posições, Campinas, v. 2, n. 1, p. 52-59, 1991.

Publicado

30/09/2021

Como Citar

FORTUNATO, I. O trabalho na Pedagogia Freinet, ou seus marcos pela renovação da educação. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 26, n. 00, p. e022140, 2021. DOI: 10.22633/rpge.v26i00.17299. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/17299. Acesso em: 4 dez. 2022.