A tecnologia assistiva scala como recurso para produção de narrativas e registro de dados nas pesquisas em educação: uma experiência com pessoas adultas com transtorno do espectro autista

Ivanise Gomes de Souza Bittencourt, Neiza de Lourdes Frederico Fumes

Resumo


O presente artigo tem por objetivo apresentar o Sistema de Comunicação Alternativa para Letramento de Pessoas com Autismo (SCALA) enquanto recurso de produção de narrativas e registro de dados nas pesquisas em educação. Essa tecnologia assistiva foi desenvolvida em 2009 por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e nos anos subsequentes adquiriu novas versões, acrescentando um módulo de narrativas visuais para a construção de histórias nas plataformas web e android/tablet. Através do módulo de narrativas visuais é possível que participantes de pesquisas, principalmente com déficits de comunicação, construam histórias relacionadas a diversos objetos de estudos de pesquisa em educação. Esse estudo foi desenvolvido, entre os meses de abril e maio de 2016, com quatro participantes com Transtorno do Espectro Autista (TEA), com idades entre 30 e 36 anos, sendo uma do sexo feminino e três do sexo masculino. Os resultados evidenciaram o SCALA como uma ferramenta relevante de investigação em educação, especialmente na realização de pesquisas envolvendo alunos com TEA, pois permitiu conhecer as percepções dos participantes quanto aos professores, escola e amigos, seus interesses e dificuldades, experiências positivas e negativas e sentimentos quanto à interrupção do processo de escolarização.

Palavras-chave


Tecnologia assistiva. Educação. Transtorno do Espectro Autista.

Texto completo:

PDF

Referências


CLANDININ, D. J.; CONNELLY, F. M. Pesquisa narrativa: experiência e história em pesquisa qualitativa. Tradução: Grupo de Pesquisa Narrativa e Educação de Professores ILEEI/UFU. 2. ed. rev. Uberlândia: EDUFU. 250 p., 2015.

BEZ, M. R. et al. Desenvolvimento de narrativas visuais no SCALA: estudo de caso de uma turma de inclusão da Educação Infantil. Informática na Educação: teoria e prática. Porto Alegre, v. 16, n. 2, jul./dez, 2013.

BEZ, M. R.; PASSERINO, L. M. Perspectiva histórica do Scala. In: Comunicação alternativa: mediação para uma inclusão social a partir do SCALA [recurso eletrônico]. Liliana Maria Passerino, Maria Rosangela Bez (Org.). Passo fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, 2015.

BEZ, M. R.; PASSERINO, L. M. Scala 2.0: software de comunicação alternativa para web. AVANCES Investigación en Ingeniería, v. 9, n. 1, 2012.

DILLON, G.; UNDERWOOD, J. FREEMANTLE, L. Autism and the U.K. secondary school experience. Focus on Autism and Other Developmental Disabilities, p 1–10, 2014.

HICKEY, A.; CRABTREE, J.; STOTT, J. ‘Suddenly the first fifty years of my life made sense’: experiences of older people with autism. Autism, p. 1-11, 2017.

MONTE, B. T.; MIRANDA, H.; PASSERINO, L. M. Dos personagens aos livros: processos e estratégias do contar histórias. In: Comunicação alternativa: mediação para uma inclusão social a partir do SCALA [recurso eletrônico]. Liliana Maria Passerino, Maria Rosangela Bez (Org.). Passo fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, 2015.

RICO, A.; BEZ, M. R.; PASSERINO, L. M. Estudo investigativo: emprego do Scala, no módulo Narrativas Visuais, em contexto de turma inclusiva da educação infantil. In: Comunicação alternativa: mediação para uma inclusão social a partir do SCALA [recurso eletrônico]. Liliana Maria Passerino, Maria Rosangela Bez (Org.). Passo fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, 2015.

PASSERINO, L. M.; BEZ, M. R. Sobre comunicação e linguagem. In: Comunicação alternativa: mediação para uma inclusão social a partir do SCALA [recurso eletrônico]. Liliana Maria Passerino, Maria Rosangela Bez (Org.). Passo fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, 2015.

PASSERINO, L. M. et al. SCALA e Siesta Cloud: uma integração para aplicações homeschooling visando a inclusão. Anais do II Congresso Brasileiro de Informática na Educação (CBIE 2013) e XXIV Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE 2013), 2013.

PREECE, D.; JORDAN, R. Obtaining the views of children and young people with autism spectrum disorders about their experience of daily life and social care support. British Journal of Learning Disabilities. 2010.

SILVA, D; TRENTINI, M. Narrativas como técnica de pesquisa em enfermagem. Rev Latino-am Enfermagem, maio-junho; v. 10, n. 3, p. 423-432, 2002.




DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n.esp.2.1304



Direitos autorais 2017 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587, ISSN: 2446-8606.

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.