Contribuições do programa bolsa alfabetização na formação inicial do professor: o que evidenciam os relatos reflexivos produzidos por alunos de pedagogia

Ana Silvia Moço Aparicio, Maria de Fátima Ramos de Andrade

Resumo


No presente artigo, apresentamos e discutimos os resultados de uma pesquisa em que buscamos compreender o processo de formação docente de alunos de Pedagogia participantes do Programa Bolsa Alfabetização, implantado pelo governo do Estado de São Paulo. Como objeto de análise foram considerados os relatos reflexivos produzidos por esses alunos, a partir de suas observações e intervenções realizadas na sala de aula de alfabetização em que atuavam junto ao professor regente. Para as análises, adotamos como referenciais teórico-metodológicos as contribuições do Interacionismo Sociodiscursivo. Os resultados apontam que a inserção dos licenciandos no cotidiano da sala de aula, ao propiciar a familiarização desse futuro professor com o processo de ensino e aprendizagem na alfabetização nas diferentes situações didáticas que emergem nesse contexto, contribuem para a reconstrução do foco de observação pelos licenciandos e para a reelaboração de suas crenças e concepções de ensino e aprendizagem.


Palavras-chave


Bolsa Alfabetização. Pedagogia. Formação inicial de professores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n1.7674



Direitos autorais 2017 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.