Análise dos impactos de um programa educacional no processo de formação de adolescentes

Autores

  • Dolanei de Souza França e Silva Mestranda do Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências – Universidade Cruzeiro do Sul – São Paulo- SP.
  • Rita de Cassia Frenedozo Professora Titular do Programa de Ensino de Ciências e Matemática – UNICSUL – São Paulo – Rita.

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v0i10.9297

Palavras-chave:

programa educacional, sexualidade, cidadania

Resumo

O presente artigo propõe analisar um programa educacional, constituído como uma política pública destinada a adolescentes e seus impactos na sua formação pessoal, social e profissional, bem como no seu processo de ensino aprendizagem, através da promoção de alterações de atitudes e mudança de comportamento. Terá como referência o Programa de Atenção ao Jovem – PEAS Juventude, da Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais, implementado em algumas escolas públicas mineiras, tendo como foco de análise, o desenvolvimento do projeto em três escolas estaduais do município mineiro de Pirapora. Esse programa propõe o desenvolvimento de projetos com temáticas importantes: Sexualidade e afetividade, Adolescência e Cidadania, Mundo do Trabalho e Perspectivas de Vida, e metodologia que favoreça o protagonismo juvenil e o desenvolvimento de jovens empreendedores. A presente análise se justifica à medida que se questiona a realidade dos projetos implementados nas escolas públicas, além de questionar e verificar, também, a viabilidade desses programas e seus resultados na resolução dos problemas detectados e atendimento adequado das necessidades diagnosticadas, quando foi elaborado. A pesquisa, o acompanhamento e a avaliação da prática educativa são condições para a consolidação e o aperfeiçoamento constante dos programas educativos.

Downloads

Publicado

30/01/2017

Como Citar

Silva, D. de S. F. e, & Frenedozo, R. de C. (2017). Análise dos impactos de um programa educacional no processo de formação de adolescentes. Revista on Line De Política E Gestão Educacional, (10). https://doi.org/10.22633/rpge.v0i10.9297

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.