Processos de produção de identidades profissionais: narrativas de trajetórias de docentes com deficiência no ensino superior

Vanderlei Balbino da Costa, Alexandra Garcia

Resumo


A pesquisa resulta da investigação realizada no estágio pós-doutoral na UERJ, no ano de 2020. A questão foi: Como os docentes com deficiência vem (re)construindo suas identidades no ensino superior? Objetivos: Compreender como os docentes com deficiência vem produzindo sua identidade profissional no ensino superior; Analisar se os programas de formação inicial e permanente tem contribuído para que os docentes com deficiência possam produzir suas identidades; Avaliar as razões políticas, pelas quais, os docentes com deficiência encontram dificuldades para produzir suas identidades na universidade. A metodologia foi qualitativa, priorizando as narrativas dos sujeitos com deficiência no ensino superior. Discutimos (auto)biografia, narrativas e produção de identidades. As narrativas demonstraram que há dificuldades para a produção da identidade, considerando que quase não há professores com deficiência no ensino superior. Nossas considerações nos fizeram perceber que é necessário ações políticas inclusivistas capaz de oportunizar o ingresso do docente com deficiência no ensino superior.

Palavras-chave


Produção da identidade; Docentes com deficiência; Ensino superior.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, Ligia A. Integração Social e Suas Barreiras: representações culturais do corpo mutilado. Revista de Terapia Ocupacional, São Paulo, v. 2, n. 4, p. 188-195, 1991.

BATISTA, Maria Manuel. O conceito de representação social na abordagem psicossocial. Cad. Saúde Pública [online], v .9, n. 3, p. 300-308, 1993. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102311X1993000300017&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: abr. de 2020.

BAUMAN, Zygmunt. O mal-estar da pós-modernidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1998.

BHABHA, Homi K. Interrogando a identidade: Frantz Fanon e a prerrogativa pós-colonial. Trad. Myriam Ávila, Eliana Lourenço de Lima Reis, Gláucia Renata Gonçalves, 2003.

BRASIL. Decreto n. 5.626, de 22 de dezembro de 2005. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 2005. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/2005/decreto-5626-22-dezembro-2005-539842-publicacaooriginal-39399-pe.html. Acesso em: jan. de 2020

BUENO, Belmira O.; CATANI, Denice B.; SOUSA, Cynthia Pereira (Orgs.). A vida e o ofício dos professores: formação contínua, autobiografia e pesquisa em colaboração. São Paulo: Escrituras Editora, 1998.

CARVALHO, Janete Magalhães (Org.). Diferentes perspectivas da profissão: docente na atualidade. Vitória: EDUFES, 2002.

CARVALHO, Rosita Edler. Removendo barreiras para a aprendizagem: educação inclusiva. 11. ed. Porto Alegre: Editora Mediação, 2000.

CERTEAU, Michel de. A Invenção do Cotidiano. Petrópolis: Editora Vozes, 1994. Disponível em: https://gambiarre.files.wordpress.com/2010/09/michel-de-certeau-a-invenc3a7c3a2o-do-cotidiano.pdf. Acesso em: abr. de 2020.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: Artes de fazer. Petrópolis: Editora Vozes, 2005. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/1363. Acesso em: nov. de 2019.

CIAMPA, Antonio, Costa. A estória do Severino e a história da Severina: um ensaio de Psicologia Social. São Paulo: Brasiliense, 1987.

CLANDININ, D. Jean; CONNELLY, F. Michael. Pesquisa Narrativa: experiências e história na pesquisa qualitativa. Trad. Grupo de Pesquisa Narrativa e Educação de Professores ILEEL/UFU. Uberlândia: EDUFU, 2011.

CONNELLY, F. Michael; CLANDININ, Jean D. Relatos de experiência e investigación narrativa. In: LARROSA, J. Déjame que te cuente. Barcelona: Editorial Laertes, 1995.

DUBAR, Claude. A Socialização: construção das identidades sociais e profissionais. Porto, Portugal: Porto Editora, 1997.

GARCIA, Alexandra; EMILIÃO, Soymara Vieira. Redes de compartilhamento de saberes docentes: possíveis alternativas à cegueira epistemológica? Revista Educação e Cultura Contemporânea, v. 15, n. 39, 2018. Disponível em: http://periodicos.estacio.br/index.php/reeduc/article/download/4964/47964897. Acesso em: maio de 2020.

GATTI, Bernadete A. Políticas educacionais no Brasil e a formação de professores. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES NOS PAÍSES DE LÍNGUA E EXPRESSÃO PORTUGUESAS, 1996, Universidade de Aveiro, Portugal. Linhas de Rumo em Formação de Professores. Universidade de Aveiro, Portugal. 1996.

GLAT, Rosana; PLETSCH, Marcia Denise. O papel da universidade frente às políticas públicas para educação inclusiva. Revista Benjamin Constant, Rio de Janeiro, v. 10, n. 29, p. 3-8, 2004.

GLAT, Rosana; Pletsch, Marcia Denise. O método de história de vida em pesquisas sobre auto percepção de pessoas com necessidades educacionais especiais. Revista Educação Especial, Santa Maria, v. 22, n. 34, p. 139-154, maio/ago. 2009.

GOFFMAN, Erving. Estigma. Notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. Rio de Janeiro: LTC Editora, 1988.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Trad. Tomaz Tadeu da Silva, Guaracira Lopes Louro. 11. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.

HORKHEIMER, Max; ADORNO, Theodor, W. Temas básicos de Sociologia. São Paulo: Cultrix, 1973.

MAGALHÃES, Rita de Cássia Barbosa Paiva; CARDOSO, Ana Paula Lima Barbosa. A pessoa com deficiência e a crise das identidades na contemporaneidade. Cad. Pesquisa. [online], v. 40, n. 139, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010015742010000100003&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: set. 2019.

NÓVOA, Antônio (Coord). Os professores e a sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1992.

OLIVEIRA, Ana Flávia Teodoro de Mendonça. A construção de uma identidade docente inclusiva e os desafios ao professor-formador Recife. Orientadora: Clarissa Araújo. 2006. 156 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Pernambuco. CE, 2006. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4462. Acesso em: jan. 2019.

OLIVEIRA, Dalila Andrade. A reestruturação do trabalho docente: precarização e flexibilização. Educação & Sociedade, Campinas, v. 25, n. 89, p. 1127-1144, set./dez. 2004. Disponível: www.scielo.br/pdf/es/v25n89/22614.pdf. Acesso em: dez. 2019.

OLIVEIRA, Renato José de. Identidade, alteridade e educação: pensando problemas contemporâneos. Revista Contemporânea de Educação, v. 4, n. 8, 2009. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/rce/article/view/1593. Acesso em: fev. 2019.

PAIVA, Edil V. de. A formação do Professor crítico-reflexivo. In: PAIVA, Edil V. de (Org.). Pesquisando a formação de Professores. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

QUEIROZ, Maria Isaura Pereira de. Variações sobre a técnica de gravador no registro da informação viva. São Paulo: Ed. T A Queiroz, 1991.

REIS, Pedro Rocha dos. As narrativas na formação de professores e na investigação em educação. Nuances: estudos sobre Educação, Presidente Prudente, ano XIV, v. 15, n. 16, p. 17-34, jan./dez. 2008. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/70619766.pdf. Acesso em: jan. 2019.

SILVA, Tomaz Tadeu da. A produção social da identidade e da diferença. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (Org.); HALL, Stuart; WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000.

SILVA, Tomaz Tadeu. Documentos de Identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Pesquisa narrativa e escrita (auto) biográfica: interfaces metodológicas e formativas. Tempos, narrativas e ficções: a invenção de si. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006.

SUAREZ, Daniel; OCHOA, Liliana. Formación de docentes y relatos pedagógicos: Formación de docentes y relatos pedagógicos. Hacia las reconstrucciones narrativas de formación. In: SUAREZ, Daniel; OCHOA, Liliana. La documentación narrativa de experiencias pedagógicas: una estrategia para la formación de docentes. Buenos Aires: Ministério de Educación, 2005. Disponível em: http://www.bnm.me.gov.ar/giga1/documentos/EL004074.pdf. Acesso em: fev. 2019.




DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v24i2.13741



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.