Educação infantil e políticas públicas no Brasil: visões e reflexões

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v24iesp2.14325

Palavras-chave:

Políticas públicas, Educação infantil, Reflexões, Contexto, Qualidade.

Resumo

A sociedade contemporânea tem passado por inúmeras transformações que afetaram a educação infantil em todo o mundo e, de modo especial, no Brasil. A ausência de políticas públicas que contemplem a educação das crianças entre zero e seis anos de idade, tem sido incipiente. Neste momento, enfrentamos sérios problemas sociais, há necessidade urgente de revermos tais políticas, para não irmos na contramão da democracia, continuando a oferecer uma educação de baixa qualidade para as camadas desprivilegiadas da população. Portanto, o presente artigo não é o resultado de uma pesquisa, mas tem como objetivo a partir do conceito de políticas, analisar historicamente o percurso os desafios da educação infantil no Brasil e refletir quais as possibilidades de mudanças a serem consideradas para a próxima década.

Biografia do Autor

Maria Angela Barbato Carneiro, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC)

Professora Titular do Departamento de Fundamentos da Educação e Coordenadora do Núcleo de Cultura e Pesquisas do Brincar. Doutorado em Ciências da Comunicação (USP).

Referências

ARIÈS, P. História Social da Criança e da Família 2. ed. Rio de Janeiro: LTC, 1982.

BRASIL. Base Curricular Comum Nacional. Disponível em http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 10 jun. 2020.

BRASIL. Constituição Federal de 1988. Senado Federal, 1988. Disponível em: http://www.uel.br/aai/pages/arquivos/Constituicao%20Federal%201988br.pdf. Acesso em: 3 jun. 2020.

BRASIL. Lei n. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, 23 dez. 1996. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/lei9394_ldbn1.pdf. Acesso em: 10 jun. 2020

CORSARO, W. A. Sociologia da Infância. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2011.

DIDONET, V. Educação infantil no Brasil e na América Latina: um desafio diante das múltiplas infâncias. In: ANGOTTI, M. (org.) Educação Infantil em diálogos. Campinas: Alínea, 2012. p.139-154.

FREIRE, P. Educação e mudança. 5. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

KRAMER, S. A política do pré-escolar no Brasil: a arte do disfarce. 5. ed. São Paulo: Cortez, 1995.

RAMOS, F. P. A história trágico-marítima das crianças nas embarcações portuguesas do século XVI. In: Del PRIORE, M.(org.) História das crianças no Brasil. São Paulo: Contexto, 1999. p. 19-54.

ROMANELLI, O. O. História da educação no Brasil. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 1982.

Publicado

14/11/2020

Como Citar

Carneiro, M. A. B. (2020). Educação infantil e políticas públicas no Brasil: visões e reflexões. Revista on Line De Política E Gestão Educacional, 24(esp2), 946–960. https://doi.org/10.22633/rpge.v24iesp2.14325