Gestão escolar: os parâmetros sócio-antropológicos

Autores

  • Karina Augusta Limonta Vieira Mestre pelo Programa de Educação Escolar da Unesp-Araraquara. Pesquisadora do NIPI (Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas sobre o Imaginário) e Coordenadora do GEICAB (Grupo de estudos Imaginário e Cultura Afro-Brasileira), ambos da UFPE

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v0i5.9154

Palavras-chave:

Gestão escolar, Política educacional, Cotidiano escolar, Cultura escolar

Resumo

Este artigo tem como tema central abordar a gestão escolar sob os parâmetros da sócio-antropologia. Por meio de um resgate histórico evidencia-se a necessidade de uma gestão escolar que valorize o macro (administrativo e burocrático) e o micro (subjetivo e afetivo), a fim de dialogar com a dimensão cultural e cotidiana da escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17/12/2008

Como Citar

VIEIRA, K. A. L. Gestão escolar: os parâmetros sócio-antropológicos. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, n. 5, p. 30–46, 2008. DOI: 10.22633/rpge.v0i5.9154. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/9154. Acesso em: 18 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.