Apontamentos iniciais sobre qualidade educacional: resultados do IDEB e fatores socioeconômicos

Liliane Ribeiro de Mello, Regiane Helena Bertagna

Resumo


Este trabalho aponta uma discussão inicial sobre a qualidade da educação brasileira obtida através do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Foi elaborado a partir da abordagem qualitativa com análise documental e bibliográfica, utilizando dados do IDEB, taxas de analfabetismo, Produto Interno Bruto per capita, Produto Interno Bruto (PIB) e Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos estados brasileiros. Apontam-se estes indicadores sem a pretensão de analisá-los estatisticamente, mas para incitar a reflexão/problematização entendendo que a qualidade educacional depende de muitos fatores, como as condições sociais e econômicas dos alunos, o que requer políticas públicas efetivas para obter melhoria a todos.


Palavras-chave


Qualidade educacional. IDEB. Fatores socioeconômicos. Políticas Educacionais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v11.n3.6168



Direitos autorais 2016 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.