Jogo de papéis ou jogo protagonizado na organização do ensino na educação infantil

Autores

  • Rita de Cássia Duarte
  • José Luis Derisso
  • Elaine Cristina Melo Duarte
  • Newton Duarte

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v21.n2.2017.10186

Palavras-chave:

Educação infantil. Psicologia histórico-cultural. Pedagogia histórico-crítica.

Resumo

Os temas abordados neste artigo estão centrados nos estudos da periodização do desenvolvimento psíquico elaborada por Danill Elkonin a partir dos fundamentos teórico-metodológicos da psicologia histórico-cultural propostos por Vigotski e Leontiev. É analisado o desenvolvimento mental como parte do desenvolvimento da personalidade no contexto da educação infantil na perspectiva da pedagogia histórico-crítica de Dermeval Saviani.

Referências

BRASIL, República Federativa do. Lei nº 12.796, de 4 de abril de 2013. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para dispor sobre a formação dos profissionais da educação e dar outras providências. Brasília, 2013.

CHEROGLU, S. Educação e desenvolvimento de zero a três anos de idade: contribuições da psicologia histórico-cultural para a organização do ensino. Dissertação (Mestrado em Educação Escolar) - Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 2014.

DUARTE, N. A brincadeira de papéis sociais como produtora de alienação no Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. In: DUARTE, N. (Org.). Brincadeira de papéis sociais na educação infantil: as contribuições de Vigotsky, Leontiev e Elkonin. São Paulo: Xamã, 2006.

DUARTE, N. A Individualidade para si. Campinas: Autores Associados, 2013.

DUARTE, N. Formação do indivíduo, consciência e alienação: o ser humano na psicologia de A. N. LEONTIEV. Caderno Cedes, Campinas, v. 24, n. 62, p. 44-63, abril 2004. Disponível em: <http://www.cedes.unicamp.br>. Acesso em: 20 jul. 2016.

ELKONIN, D. Sobre el problema de la periodización del desarrollo psíquico em la infância. In: DAVIDOV, V. V.; SHUARE, M. (Org.) La psicologia evolutiva y pedagógica em la URSS: antologia. Moscou: Editorial Progresso, 1987.

ELKONIN, D. Psicologia do jogo. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

LAZARETTI, L. M. Idade pré-escolar (3-6anos) e a educação infantil: a brincadeira de papéis sociais e o ensino sistematizado. In: ARCE, A.; DUARTE, N. (Org). Brincadeira de papéis sociais na educação infantil: as contribuições de Vigotsky, Leontiev e Elkonin. São Paulo: Xamã, 2006.

LEONTIEV, A. Uma contribuição à Teoria do Desenvolvimento da Psique Infantil. In: Vigotski, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, a. n. Linguagens, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 2006.

LUKÁCS, G. Para uma ontologia do ser social. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARTINS, L. M. O ensino e o desenvolvimento da criança de zero a três anos. In: ARCE, A.; MARTINS, L. M. (Orgs.). Ensinando aos pequenos de zero a três anos. Campinas – SP: Alínea. 2012.

MARTINS, L. M. A brincadeira de papéis sociais e a formação da personalidade. In: ARCE, A.; DUARTE, N. (Org). Brincadeira de papéis sociais na Educação Infantil: as contribuições de Vigotsky, Leontiev e Elkonin. São Paulo: Xamã, 2006.

PASQUALINI, J. C. A teoria histórico-cultural da periodização do desenvolvimento psíquico como expressão do método materialista dialético. In: MARTINS, L. M.; ABRANTES, A. A.; FACCI, M. G. D. (Org.). Periodização histórico-cultural do desenvolvimento psíquico. Campinas: Autores Associados, 2016.

PASQUALINI, J. C. Contribuições da psicologia histórico-cultural para a educação escolar de crianças de 0 a 6 anos: desenvolvimento infantil e ensino em Vigotski, Leontiev e Elkonin. Dissertação (Mestrado em Educação Escolar) - Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 2006.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 9ª ed. Campinas, Autores Associados, 2005.

Downloads

Publicado

07/04/2017

Como Citar

Duarte, R. de C., Derisso, J. L., Duarte, E. C. M., & Duarte, N. (2017). Jogo de papéis ou jogo protagonizado na organização do ensino na educação infantil. Revista on Line De Política E Gestão Educacional, 489–501. https://doi.org/10.22633/rpge.v21.n2.2017.10186

Edição

Seção

Artigos