Reforma do estado e da educação a partir de 1990: orientações para o ensino médio e profissional brasileiro

Eliane Cleide da Silva Czernisz

Resumo


Apresentamos neste trabalho discussão de dados de persquisa que investiga a partir de análise de documentos as recomendações e diretrizes da UNESCO para a formação no ensino médio e profissional brasileiro a partir de 1990. O objetivo é discutir as orientações para o ensino médio e profissional brasileiro a partir de 1990, destacando a formação do homem, cidadão e trabalhador. Entendemos ser uma discussão importante no contexto em que é intencionada uma formação voltada à cidadania democrática pelo desenvolvimento de novas sociabilidades. Os resultados indicam a formação de um homem adapatado ao trabalho e à sociedade e a necessidade de uma formação que busque a contra-hegemonia e questione a política educacional vigente, a formação e seu papel na sociedade.


Palavras-chave


reforma do estado e da educação; ensino médio e profissional; unesco

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v0i8.9261



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.