A gênese da Extensão Universitária brasileira no contexto de formação do Ensino Superior

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v13.n3.2018.11178

Palavras-chave:

Extensão universitária, Ensino superior, Reforma educacional

Resumo

Apresentamos neste artigo um estudo preliminar de como se deu a evolução do pensamento sobre extensão universitária em seu período de formação. Objetiva-se neste texto, através de revisão bibliográfica, demonstrar como a extensão tomou forma no momento inicial do Ensino Superior no Brasil até a reforma educacional da década de 1930. Os achados apontam um pensamento embrionário desenhado através de eventos marcados por fatores sociais e políticos que tiveram lugar na formação do Ensino Superior, especialmente no contexto das Reformas Educacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Zenilde Nunes Batista, Universidade Federal de São Carlos - (UFSCar), Doutoranda em Ciência, Tecnologia e Sociedde/PPGCTS.

Doutoranda em Ciência, Tecnologia e Sociedade

PPGCTS/UFSCar

 

Maria Teresa Micely Kerbauy, Universidade Federal de São Carlos - (UFSCar), Docente colaboradora

Universidade Federal de São Carlos - (UFSCar), Campus São Carlos – São Paulo – Brasil. Docente Colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedde/PPGCTS.

Referências

BRASIL, DECRETO Nº 19.851, DE 11 DE ABRIL DE 1931. Estatuto das Universidades Brasileiras. Disponível em: https://goo.gl/sJo1z2. Acesso em: 17 ago. 2017.

CACETE, Núria Hanglei. Breve história do ensino superior brasileiro e da formação de professores para a escola secundária. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 40, n. 4, p. 1061-1076, out./dez., 2014.

COUTINHO, Azeredo. Obras econômicas. São Paulo, Nacional, 1966.

COSTA, Maria José Franco Ferreira.; SHENA, Denilson Roberto.; SCHMIDT, Maria Auxiliadora. I Conferência Nacional de Educação (Curitiba, 1927). Brasilia, MEC-SEDIAE-INEP, 1997. Disponível em: https://goo.gl/ZT7E5T. Acesso em: 17 maio 2017.

CUNHA, Luiz Antônio. A Universidade temporã - da colônia à era de Vargas. Rio de Janeiro, Francisco Alves, 2007a.

CUNHA, Luiz Antônio. A universidade crítica: o ensino superior na república populista. São Paulo: Editora UNESP, 2007b.

CUNHA, Luiz Antônio. A universidade reformanda: o golpe de 1964 e a modernização do ensino superior. São Paulo: Editora UNESP, 2007c.

CURRY, Carlos Roberto Jamil. A desoficialização do ensino no Brasil: A Reforma Rivadávia. Educ. Soc., Campinas, v. 30, n. 108, p. 717-738, out., 2009.

FERNANDES, Florestan. A universidade brasileira: reforma ou revolução? São Paulo: Alfa-Ômega, 1975.

GURGEL, Roberto Mauro. Extensão universitária: comunicação ou domesticação? São Paulo: Cortez; Universidade Federal do Ceará, 1986.

LEÓN ROJAS, Andrés Leonardo. La extensión universitária em América Latina desde sus origenes a la actualidad. Disponível em: https://goo.gl/7GuqiY. Acesso em: 17 jun. 2017.

MARTINS, Antonio Carlos Pereira. Ensino Superior no Brasil: da descoberta aos dias atuais. Acta Cirúrgica Brasileira. v. 17, (Suplemento 3), 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010286502002000900001. Acesso em: 29 maio 2017.

NOGUEIRA, Maria das Dores Pimentel. Extensão Universitária no Brasil: uma revisão conceitual. In: FARIA, Dóris Santos de (org.). Construção conceitual da extensão universitária na América Latina. Brasília: Universidade de Brasília, 2001.

RAMOS, Fábio Pestana. História e Política do Ensino Superior no Brasil: algumas considerações sobre o fomento, normas e legislação. Para entender a História, ano 2, v. mar., Série 14/03, 2011, p.01-17. Disponível em: http://fabiopestanaramos.blogspot.com.br/2011/03/historia-e-politica-do-ensino-superior.html. Acesso em: 19 set. 2017.

SOUSA, Ana Luiza Lima. A história da extensão universitária. Campinas, Alínea, 2.000.

TRIGUEIRO, Michelângelo Giotto Santoro. Reforma universitária e mudanças no ensino superior no Brasil in: Digital Observatory for higher education in Latin America and the Caribbean. IESALC/UNESCO, Brasília, 2003.

TRINDADE, Hélgio. A república em tempos de reforma universitária: o desafio do governo Lula. In: Educ. Soc., Campinas, vol. 25, n. 88, p. 819-844, Especial - Out. 2004. Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br.

Publicado

03/07/2018

Como Citar

BATISTA, Z. N.; KERBAUY, M. T. M. A gênese da Extensão Universitária brasileira no contexto de formação do Ensino Superior. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. 4, p. 916–930, 2018. DOI: 10.21723/riaee.v13.n3.2018.11178. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/11178. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos