O uso de ferramenta síncrona na coleta de dados na pesquisa em educação online

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v14i3.9053

Palavras-chave:

Pesquisa online, Coleta de dados online, Educação online.

Resumo

O artigo descreve as características do MSN, apresenta o histórico de como foi desenvolvido e suas possibilidades de uso na educação online. Relata a experiência vivida através de uma entrevista realizada com uma professora pesquisadora em educação tecnológica fazendo uso do MSN. Apresenta as dificuldades nessa coleta. Traz considerações quanto à importância e limitações do MSN na coleta de dados da pesquisa online.

Biografia do Autor

Ibsen Mateus Bittencourt, Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Doutor em Administração de Empresas (Mackenzie-SP), Mestre Educação Brasileira na linha de Tecnologia da Informação e Comunicação (UFAL), MBA em Gestão de Turismo (UBM-RJ), Especialista em Matemática (UFPE), Bacharel em Administração de Empresas (UFAL) e Bacharel em Turismo (CESMAC). É Professor Adjunto II da Universidade Federal de Alagoas – UFAL. 

Eraldo Souza Ferraz, Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Alagoas através do Programa de Pós-Graduação do Centro de Educação. A Graduação em Pedagogia foi obtida pela Universidade Federal de Pernambuco (1985) e a Especialização em Metodologia do Ensino Superior pela Universidade Católica de Pernambuco (1987).

Luís Paulo Leopoldo Mercado, Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Professor Titular da Universidade Federal de Alagoas com atuação na graduação em Educação Física e Pedagogia e na Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado em Educação). Bolsista Produtividade em Pesquisa 2 do CNPq. Doutor em Educação (PUC/SP, 1998), Mestre em Educação (UFSM, 1993), Especialista em Formação de Professores em Mídias na Educação (UFAL, 2010), Licenciado em Ciências Biológicas Licenciatura Plena (UFSM, 1989). Bacharel em Direito (CESMAC, 2012). 

Referências

CRUZ, W. B. Experiências utilizando ferramentas síncrona na educação. In. MERCADO, Luis Paulo L. (Org.). Experiências com tecnologias da informação e comunicação na educação. Maceió: Edufal, 2006.

LEITE, C.; MIGLIORA, R. A troca sincrônica de mensagens (msn) nasocialização de crianças e adolescentes. 2006. Disponível em: http://www.bemtv.org.br/portal/materiais/A_troca_sincronica_de_mensagens.pdf Acesso em 10 jan. 2010.

MERCADO, Luis P. (Org.). Vivências com aprendizagem na internet. Maceió: Edufal, 2005.

MINAYO, M. C. S. Introdução: conceito de avaliação por triangulação de métodos. In: MYNAYO, Maria Cecília S.; ASSIS, Simone Gonçalves; SOUZA, Edinilsa Ramos. (Org.). Avaliação por triangulação de método: abordagem de programas sociais. Rio de Janeiro: Fiocruz, v. 1, p. 19-52, 2005.

MINAYO, M. C. S. Interfaces de pesquisa, comunicação e socialização. Disponível em: http://saladeaulainterativa.pro.br/moodle/mod/book/print.php?id=2605. Acesso em 10 Jun. 2009.

PRADO, M. E. Educação a distância: os ambientes virtuais e algumas possibilidades pedagógicas. Salto para futuro/SEED/MEC. Brasília, MEC/SEED, 2001.

Publicado

18/10/2019

Como Citar

BITTENCOURT, I. M.; FERRAZ, E. S.; MERCADO, L. P. L. O uso de ferramenta síncrona na coleta de dados na pesquisa em educação online. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. 3, p. 1217–1228, 2019. DOI: 10.21723/riaee.v14i3.9053. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/9053. Acesso em: 3 mar. 2021.

Edição

Seção

Relatos de Experiência