Entre a exigência de qualidade no trabalho pedagógico e a inclusão de alunos com deficiência no ensino médio e na universidade

Autores

  • Manoel Pinéo de Sousa Educação Básica da Rede Estadual de Ensino do estado do Ceará.
  • Maria Socorro Lucena Lima Universidade Estadual do Ceará
  • Regiane Rodrigues Araújo Universidade Federal do Ceará- UFC

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v21.n.esp2.2017.10371

Palavras-chave:

Trabalho Pedagógico. Inclusão. Deficiência.

Resumo

 O texto apresenta uma reflexão sobre os processos inclusivos na Educação 

O texto apresenta uma reflexão sobre os processos inclusivos na Educação Escolar e na Universidade. Uma questão orienta a pesquisa: como é feito a inclusão de alunos no Ensino Médio e na Universidade? Partindo da complexidade do contexto social, diante da proposta da educação de qualidade para todos, o texto tem como objetivos levantar o debate sobre as possibilidades e limites da educação de qualidade para todos, fazer uma revisão técnica que de subsídios para a discussão e refletir sobre o trabalho dos professores da Educação Básica e da Universidade diante dos alunos com deficiências nas salas de aula. Para tanto, tivemos como recurso metodológico a pesquisa bibliográfica e documental e diálogo com os professores. Com a utilização de autores como: Carneiro (2013), Magalhães (2002), Minayo (2010), Pimenta (2014), Mantoan (2006), Dorziat (2011), entre outros, o texto aponta para a necessidade de efetivação das políticas de inclusão e principalmente das condições objetivas de trabalho e formação. É preciso incentivo na pesquisa e nos processos formativos para a efetivação das políticas de inclusão.

Biografia do Autor

Manoel Pinéo de Sousa, Educação Básica da Rede Estadual de Ensino do estado do Ceará.

Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Ceará- UECE e professor da Educação Básica da Rede Estadual de Ensino do estado do Ceará.

Maria Socorro Lucena Lima, Universidade Estadual do Ceará

Professora adjunta da Universidade Estadual do Ceará; pesquisadora do Programa de Pós-  graduação em Educação- PPGE/UECE; Professora Visitante da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro - Brasileira- UNILAB.

Referências

AARAUJO, R. D. de. O acompanhamento do estágio supervisionado na formação docente: concepções e condições de trabalho dos supervisores. 1 ed. Curitiba, PR: CRV, 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9394/96. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, 20 de dezembro de 1996. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm>. Acesso em: 06 ago. 2017.

CARNEIRO, M. A LDB Fácil, Leitura Crítico¬ Compreensiva Artigo a Artigo. 20. ed. Petrópolis ¬ RJ: Editora Vozes, 2013.

CANDAU, V. M. (Org). Rumo uma nova didática. 23. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

CHARLOT, B. Formação de professores: a pesquisa e a política educacional. In: PIMENTA, S. G.; GHEDIN, E. Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. São Paulo: Cortez, 2002.

DORZIAT, A. A formação de professores e a educação inclusiva: desafios contemporâneos. In: CAIADO, K. R. M.; JESUS, D. M. de.; BAPTISTA, C. R. (Orgs.). Professores e educação especial: formação em foco. Porto Alegre: Mediação/CDV/FACITEC, 2011, p. 147-159.

LIMA, M. S. L.; NASCIMENTO, A. M. do. As raízes do Estágio Curricular Supervisionado: fundamentos que sustentam suas práticas. In: ALBUQUERQUE, J. V. de.; MOTA NETO, J. C. da.; OLANDA, O. F. J.; RIBEIRO, W. de O. (Orgs.). O estágio na formação do pedagogo: reflexões e vivências. Belém: EDUEPA, 2015, p. 19-38.

LIMA, M. S. L.; NASCIMENTO, A. M. do. Estágio e aprendizagem da profissão docente. Brasília: Liber Livro, 2012.

LIMA, M. S. L.; NASCIMENTO, A. M. do; COSTA, E. A. da S. A formação do professor para o trabalho em Educação de Jovens e Adultos: lições do estágio curricular supervisionado. In: ALMEIDA, M. I. de.; PIMENTA, S. G. (Orgs.). Estágios supervisionados na formação docente: educação básica e educação de jovens e adultos. São Paulo: Cortez, 2014. p. 41-67.

MAGALHÃES, R. de C. B. P. Ensino superior no Brasil e inclusão de alunos com deficiência. In: VALDÉS, M. T. M. (Org.). Inclusão de pessoas com deficiência no ensino superior no Brasil: caminhos e desafios. Fortaleza: EDUECE, 2006, p. 39-55.

MAGALHÃES, R. de C. B. P. Traduções para as palavras diferença/deficiência: um convite à descoberta. In: MAGALHÃES, R. de C. B. P. (Org.). Reflexões sobre a diferença: uma introdução à educação especial. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2002, p. 21-34, 112.

MINAYO, M. C de S. Disciplinaridade, interdisciplinaridade e complexidade. Emancipação, Ponta Grossa, v. 10, n. 2, p. 435-442, 2010.

MOREIRA, C. L. In(ex)clusão na universidade: o aluno com necessidades educacionais especiais em questão. Revista Educação Especial, n. 25, 2005, p. 1-6.

NAUJORKS, M. I. A pesquisa em educação especial na Universidade Federal de Santa Maria. In: JESUS, D. M. de.; BAPTISTA, C. R.; BARRETO, M. A. S. C.; VICTOR, S. L. (Orgs.). Inclusão, práticas pedagógicas e trajetórias de pesquisa. 2.ed. Porto Alegre: Mediação, 2009. p. 243-248.

MATTOS, M. J. V. M. de. O estágio supervisionado na formação dos profissionais da educação. In: PARENTE, C. da M. D.; VALLE, L. E. L. R. do.; MATTOS, M. J. V. M. de. (Orgs.). A formação de professores e seus desafios frente às mudanças sociais, políticas e tecnológicas. Porto Alegre: Penso, 2015.

PIMENTA, S. G (orgs.). Estágios supervisionados na formação docente: educação básica e educação de jovens e adultos. São Paulo: Cortez, 2014.

PRIETO, R. G. Atendimento escolar de alunos com necessidades educacionais especiais: um olhar sobre as políticas públicas de educação no Brasil. In: MANTOAN, M. T. E. Inclusão escolar: pontos e contrapontos. Mantoan, M. T. E., Prieto, R. G.; Arantes, V. A. (Org.). São Paulo: Summus, 2006.

VALENTINI, C. B.; BISOL, C. A. Inclusão no Ensino Superior: especificidades da prática docente com estudantes surdos. Caxias do Sul, RS: Educs, 2012.

ZEICHNER, K. Novos caminhos para o practicum: uma perspectiva para os anos 90. In: NÓVOA, A. (Org.) Os Professores e a sua Formação, p. 115-138, Lisboa: Pub. Dom Quixote. 1992.

Downloads

Publicado

01/11/2017

Como Citar

Sousa, M. P. de, Lucena Lima, M. S., & Araújo, R. R. (2017). Entre a exigência de qualidade no trabalho pedagógico e a inclusão de alunos com deficiência no ensino médio e na universidade. Revista on Line De Política E Gestão Educacional, 946–963. https://doi.org/10.22633/rpge.v21.n.esp2.2017.10371