A gestão pedagógica da aula universitária da área das ciências naturais e exatas

Marciele Taschetto da Silva, Adriana Moreira da Rocha, Silvia Maria de Aguiar Isaia

Resumo


Este estudo encontra-se inserido no contexto investigativo sobre formação de formadores e a gestão pedagógica da aula da área de Ciências Naturais e Exatas. Ressaltamos que a gestão pedagógica se constitui a medida que o professor se compromete com seu projeto de ensino, organizando e articulando saberes necessários para a formação de seus alunos e, consequentemente, para a sua própria formação. Desse modo, este trabalho tem como objetivo analisar definições teóricas e conceituais relevantes para [re]pensar a gestão pedagógica da aula e a formação docente e o reflexo desta na educação básica, em busca da qualidade do ensino na área de Ciências Naturais e Exatas. Em relação a esta temática sabemos que os docentes universitários possuem a responsabilidade e compromisso social com a ampla formação de futuros profissionais para além da mera transmissão de conhecimentos. Assim preocupa-nos refletir sobre a relação existente entre a gestão da aula dos docentes atuantes nos cursos de licenciatura e a formação ofertada aos futuros professores da educação básica. Esta relação apresenta certa dubiedade, pois ao mesmo tempo em que os professores realizam a gestão de suas aulas a fim de oferecerem uma boa formação para seus alunos, não são formados nem preparados para tal exercício. Desse modo, a gestão de sua aula é regida por saberes constituídos no seu cotidiano, decorrentes de esforços individuais, sob o prisma da pedagogia universitária.

Palavras-chave


Gestão pedagógica; Formação de formadores; Formação inicial;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v0i18.9374



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.