Reflexão e ação: a pedagogia histórico-crítica e suas possibilidades em um grupo de estudos com professores de língua portuguesa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v14i4.10408

Palavras-chave:

Pedagogia histórico-crítica, Planejamento, Formação humana.

Resumo

Este artigo tem o objetivo de evidenciar um processo formativo realizado com professores de Língua Portuguesa à luz da Pedagogia Histórico-Crítica. Defende-se uma formação sólida que possibilite a apropriação do conhecimento em sua totalidade, a fim de superar o imediatismo e viabilizar a formação humana em suas múltiplas determinações. O estudo fundamentou-se nos pressupostos do Materialismo Histórico Dialético e da Pedagogia Histórico-Crítica como guia para as análises propostas. Ao final, os professores destacam a importância do planejamento nesta perspectiva, em que ao se apropriar da totalidade presente no conteúdo, o professor torna-se capaz de socializar o conhecimento como base no movimento dialético de prática-teoria-prática.

Biografia do Autor

Geuciane Felipe Guerim Fernandes, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina – PR

Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Londrina; Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Londrina; Professora colaboradora da Universidade Estadual do Norte do Paraná. Membro do projeto de pesquisa “A leitura e sua relação conteúdo, forma e destinatário na Educação Básica” (UEL-PR)

Sandra Aparecida Pires Franco, Universidade Estadual de Londrina - UEL

Pós-doutora em Educação. Professora adjunta do Departamento de Educação da Universidade Estadual de Londrina - UEL e professora do Programa de Pós-Graduação em Educação

Referências

ABRANTES, A. A.; MARTINS, L. M. A produção do conhecimento científico: relação sujeito-objeto e desenvolvimento do pensamento. Interface, Botucatu, v. 11, n. 22, p. 313-325. maio/ago. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/icse/v11n22/10.pdf. Acesso em: 12 jun. 2017.

DUARTE, N. A importância da concepção de mundo para a educação escolar: porque a Pedagogia Histórico-Crítica não endossa o silêncio de Wittgenstein. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 7, n. 1, p. 8-25, jun. 2015. Disponível em: http://www.portalseer.ufba.br/index.php/revistagerminal/article/view/12808. Acesso em: 20 dez. 2016.

FERNANDES, G. F. G. A ação docente: possibilidades do ato de ler na Educação Básica. 2017. 166fls. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2017.

FERREIRA, N. B. de P.; DUARTE, N. Literatura e Educação: Uma análise marxista. Cadernos de Campo, Araraquara, v. 1, n. 13, p.125-136, 2010. Disponível em: http://seer.fclar.unesp.br/cadernos/article/view/5141/4216. Acesso em: 04 jul. 2017.

GAMBOA, S. S. Os projetos de pesquisa: alguns fundamentos lógicos necessários. In: BRYAN, N.; MIRANDA, E. (Editores). (Re) pensarlaeducación pública: aportes desde Argentina y Brasil, Córdoba: Ed Universidad Nacional de Córdoba, 2011.

GASPARIN, J. L. Uma didática para a pedagogia histórico-crítica. Campinas: Autores Associados, 2012.

LEONTIEV, A. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Livros Horizonte, 1978.

MARTINS. L.; DUARTE; N. Formação de professores: limites contemporâneos e alternativas necessárias. São Paulo: Cultura acadêmica, 2010.

MARX, K. Manuscritos econômico-filosóficos. Tradução de Jesus Ranieri. São Paulo: Boitempo Editorial, 2004.

MARX, K. Contribuição à Crítica da Economia Política. Tradução e Introdução de Florestan Fernandes. 2. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2008a.

MARX. K. Manifesto do partido comunista. São Paulo: Expressão Popular, 2008b.

MARX, K. Miséria da Filosofia. São Paulo: Expressão Popular, 2009.

SAVIANI, D. Escola e democracia. (Coleção educação contemporânea). Campinas: Autores Associados, 2008.

SAVIANI, D. Modo de produção e a Pedagogia Histórico-Crítica. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Londrina, v. 1, n. 1, p. 110-116, jun. 2009. Disponível em: http://www.portalseer.ufba.br/index.php/revistagerminal/article/viewFile/9844/7129. Acesso em: 10 nov. 2016.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 11. ed. Campinas: Autores Associados, 2011.

SAVIANI, D. Origem e desenvolvimento da pedagogia histórico-crítica. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL MARX E ENGELS - “Marxismo e Educação: Fundamentos Marxistas da Pedagogia Histórico-Crítica”, 7, 2012, Campinas. Anais Eletrônicos... Campinas: IFCH-UNICAMP, 2012. Mesa Redonda. Disponível em: http://www.ifch.unicamp.br/formulario_cemarx/selecao/2012/trabalhos/Demerval%20Saviani.pdf. Acesso em: 4 ago. 2017.

SAVIANI, D. O conceito dialético de mediação na pedagogia histórico-crítica em intermediação com a psicologia histórico-cultural. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 7, n. 1, p. 26-43, jun. 2015. Disponível em: http://www.portalseer.ufba.br/index.php/revistagerminal/article/view/13575/951. Acesso em: 20 dez. 2016.

Publicado

02/09/2019

Como Citar

FERNANDES, G. F. G.; FRANCO, S. A. P. Reflexão e ação: a pedagogia histórico-crítica e suas possibilidades em um grupo de estudos com professores de língua portuguesa. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. 4, p. 2141–2159, 2019. DOI: 10.21723/riaee.v14i4.10408. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/10408. Acesso em: 2 mar. 2021.

Edição

Seção

Artigos