Relação IDEB e gasto aluno-ano: algumas aproximações de correlações e sua pertinência para melhoria dos investimentos em Educação

Rejane de Oliveira, Sebastião de Souza Lemes

Resumo


Este estudo apresenta o comportamento do Índice de Desenvolvimento da Educação de duas regiões paulistas correlacionado aos gastos por aluno-ano como proporção do PIB per capita municipal no decorrer dos anos, após a adesão ao Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação. O objetivo geral foi analisar e discutir a ocorrência de relação entre os gastos por aluno-ano das séries iniciais do ensino fundamental com o desenvolvimento da qualidade da educação municipal representada pelo indicador de qualidade IDEB como evidência de compromisso e responsabilização com a qualidade da educação. Trata-se de um estudo de caráter quantitativo e foram utilizados métodos estatísticos para análise da relação entre as variáveis. Ficou evidenciada a correlação entre as variáveis IDEB e gasto por aluno-ano como proporção do PIB per capita para os municípios de uma região que não cumpriram suas metas e forte correlação para a segunda região como um todo.

 

 


Palavras-chave


IDEB. PDE. Gasto Aluno-ano Qualidade. Plano de Ações Articuladas. Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei n. 4.320 de 17 de março de 1964. Estatui normas gerais de direito financeiro para elaboração e controle dos orçamentos e balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 23 mar. 1964.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988. Brasília, DF: Senado, 1988.

BRASIL. Lei n. 9394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF. 09 jan. 1997.

BRASIL. Lei n. 10.172, de 09 de janeiro de 2001. Estabelece o Plano Nacional de Educação. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 09 jan. 2001.

BRASIL. Decreto presidencial n. 6.094, de 24 de abril de 2007. Dispõe sobre implementação do Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação, pela União, em regime de colaboração com Municípios, Distrito Federal e Estados, Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 24 abr. 2007a.

BRASIL. Lei n. 11.494, de 20 de junho de 2007. Regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 22 jun. 2007b.

BRASIL. Ministério da Educação. O Plano de Desenvolvimento da Educação. Razões, princípios e Programas. Brasília: MEC, 2007c.

BRASIL. Ministério da Educação. Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação: Plano de ações articuladas - Brasília, 2008. Disponível em: . Acesso em: 03 mai. 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação. Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (SIOPE). Brasília, DF: MEC, 2009a. Disponível em: . Acesso em: 15 jun. 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação. Portaria Interministerial nº 19, de 27 de dezembro de 2013. Brasília, DF: MEC, 2009b. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Orientações Gerais para elaboração do Plano de Ações Articuladas (PAR) dos Municípios – versão revisada e ampliada. Brasília, 2009b. p. 1-54.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Secretaria de Educação Básica. Parecer n. 008. Estabelece normas para aplicação do inciso IX do artigo 4º da Lei n. 9.394/96 (LDB), que trata dos padrões mínimos de qualidade de ensino para a Educação Básica pública. 2010.

BRASIL. Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. O Tribunal e a Gestão Financeira dos Prefeitos. 2012. Disponível em: . Acesso em: 23 jun. 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação. Portaria Interministerial 16. Brasília. DF, 17 dez. 2013a. Disponível em: . Acesso em: 15 jun. 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação. Portaria Interministerial 19. Brasília, DF, 27 dez. 2013b. Disponível em: . Acesso em: 15 jun. 2013.

BRASIL. Lei n.13.005, de 25 de junho de 2014. Plano Nacional de Educação. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 25 jun. 2014.

CALLEGARI, C. FUNDEB financiamento da educação pública no Estado de São Paulo. São Paulo, APEOESP, 2009.

DOURADO, L. F. (Coord.), OLIVEIRA, J.F.; SANTOS, C.A. A qualidade da educação nacional. educação: conceitos e definições. Série Documental: Textos para Discussão. Brasília, DF, v. 24, n. 22, 65p., 2007.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS. Dados e informações Educacionais. 2007. Disponível em: < www.IDEB.INEP.gov.br>. Acesso em: 24 ago. 2014.

LARSON. R; FARBER. B. Estatística Aplicada. 4ªedição. São Paulo: Pearson,

LEMES. S. S. Uma breve discussão sobre fundamentos de avaliação e indicadores educacionais para se melhor compreender a avaliação e gestão do currículo. Unesp/UNIVESP. 1a edição. 2013. Disponível em: acesso em: 26 dez.2014.

LEMES. S. S. O currículo para a escola democratiza: das pistas históricas às perspectivas necessárias. Unesp/UNIVESP. 1a edição. 2013. Disponível em: acesso em: 26 dez.2014.

MELO, G. M. B. P. Planejamento da Política Educacional no Brasil: da diversidade conceitual e programática a uma proposta técnica de alinhamento estratégico. Dissertação (Mestrado) – Universidade de Brasília, Brasília, 2013.

OLIVEIRA. D; DOURADO. L.F; et al. Por um Plano Nacional de Educação (2011-2020) como política de Estado. Rev. Bras. Educ. vol.16, n.47. Rio de Janeiro, mai./ago. 2011.




DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v20.n3.9743



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.