Gestão escolar no âmbito do sistema de ensino de Rio Branco-AC

Aspectos referentes à seleção do dirigente escolar e à constituição de sua equipe gestora

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v18i00.18615

Palavras-chave:

Gestão democrática, Sistema Municipal de Ensino, Diretor escolar

Resumo

O estudo procura analisar a implementação da gestão democrática no Sistema Municipal de Ensino de Rio Branco/Acre, tendo por foco a seleção de dirigentes escolares, e, para tal, se desenvolveu um estudo bibliográfico e análise documental. A primeira parte trata de elementos da legislação nacional e de estudos de referência sobre o tema. Na segunda, cotejamos a legislação municipal para o processo de seleção de dirigentes escolares e a constituição de sua equipe gestora, a partir de um levantamento documental a respeito do processo de seleção, elaborando, na sequência, um banco de dados, que, articulado à literatura da área, possibilitou a produção das análises. Na conclusão, se destaca o cumprimento de um dos aspectos da gestão democrática, que trata da seleção de dirigentes escolares e da equipe gestora, como forma de demonstrar o envolvimento significativo dos professores no processo de seleção, evidenciando a luta pelo poder e pelas condições proporcionadas pelo exercício do cargo de diretor das unidades municipais de ensino de Rio Branco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pelegrino Santos Verçosa, Universidade Federal do Acre

Docente Adjunto IV. Centro de Educação Letras e Artes. Doutor em Educação pela UFPR.

Pierre André Garcia Pires, Universidade Federal do Acre

Docente Associado I. Centro de Educação Letras e Artes. Doutor em Educação pela UFPR.

Andréa Maria Lopes Dantas, Universidade Federal do Acre

Docente Associada IV. Centro de Educação Letras e Artes. Doutora em Educação pela PUC/SP.

Referências

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF: Ministério da Educação, 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 02 fev. 2021.

BRASIL. Lei 13.005, de 25 de julho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2014. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l13005.htm. Acesso em 02 fev. 2021.

BRASIL. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Perfil dos municípios brasileiros: 2018. Coordenação de População e Indicadores Sociais. Rio de Janeiro: IBGE, 2019.

LIMA, L. C. Por que é tão difícil democratizar a gestão da escola pública? Educar em Revista, Curitiba, v. 34, n. 68, p. 15-28, mar./abr. 2018. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/educar/article/view/57479. Acesso em: 13 mar. 2021.

NARDI, E. L. Gestão democrática do ensino público e o município. Espaço Pedagógico, Passo Fundo, v. 24, n. 2, p. 235-249, maio/ago. 2017. Disponível em: http://seer.upf.br/index.php/rep/article/view/7412/4353. Acesso em: 13 mar. 2021.

PEREIRA, S. M. Organização e funcionamento do Sistema Municipal de Ensino: entre o legal e o real. Políticas Educativas, Porto Alegre, v. 8, n. 1, p. 34-50, 2014. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Poled/article/view/56225/34830. Acesso em: 13 mar. 2021.

PIRES, P. A. G. Gestão democrática: impasses e desafios para a elaboração de uma lei estadual. Curitiba: Appris, 2019.

RIO BRANCO. Lei n. 1.537, de 04 de julho de 2005. Estabelece a Gestão Democrática do Ensino Municipal, adotando o sistema seletivo para a escolha de dirigentes de unidades escolares. Rio Branco: Prefeitura Municipal, 2005. Disponível em: https://www.riobranco.ac.leg.br/leis/legislacao-municipal/2005/1537.pdf. Acesso em: 13 mar. 2021.

RIO BRANCO. Lei n. 1.888, de 30 de dezembro de 2011. Altera a Lei 1.690 de 09 de janeiro de 2008, Lei 1.537 de 04 de julho de 2005, a Lei 1.554 de 02 de dezembro de 2005, que trata da Gestão Democrática do Ensino Municipal, adotando o sistema seletivo para a escolha de gestores de unidades escolares e dá outras providências. Rio Branco: Prefeitura Municipal, 2011. Disponível em: https://www.riobranco.ac.leg.br/leis/legislacao-municipal/2011/1888.pdf. Acesso em: 13 mar. 2021.

RIO BRANCO. Instrução Normativa n. 01, de 11 de agosto de 2014. Estabelece Diretrizes Administrativas e Pedagógicas no âmbito das Unidades Educativas da Rede Municipal de Ensino. Rio Branco: Prefeitura Municipal, 2014.

RIO BRANCO. Lei Complementar n. 35, de 19 de dezembro de 2017. Institui o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Servidores da Educação Pública do Município de Rio Branco e dá outras providências. Rio Branco: Prefeitura Municipal, 2017. Disponível em: https://www.riobranco.ac.leg.br/leis/legislacao-municipal/2017/LeiComplementarn35de19dedezembrode2017..PDF. Acesso em: 13 mar. 2021.

SOUZA, Â. R. de; GOUVEIA, A. B. Dirigentes escolares de escolas públicas: aspectos do trabalho docente. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. especial, p. 173-190, 2010. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/educar/article/view/20471/13749. Acesso em: 13 mar. 2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR). Laboratório de Dados Educacionais. Número de Matrículas. Dependência administrativa (municipal), localidade por Dependência Administrativa. Curitiba: UFPR, 2018. Disponível em: https://dadoseducacionais.c3sl.ufpr.br/#/indicadores/matriculas. Acesso em: 02 fev. 2021.

VIEIRA, S. L. Poder local e educação no Brasil: dimensões e tensões. RBPAE, v. 27, n. 1, p. 123-133, jan./abr. 2011. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/rbpae/article/view/19972/11603. Acesso em: 13 mar. 2021.

VIEIRA, S. L.; VIDAL, E. M. Liderança e gestão democrática na educação pública brasileira. Revista Eletrônica de Educação, v. 13, n. 1, p. 11-25, jan./abr. 2019. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/3175/783. Acesso em: 13 mar. 2021.

Publicado

23/10/2023

Como Citar

VERÇOSA, P. S.; PIRES, P. A. G.; DANTAS, A. M. L. Gestão escolar no âmbito do sistema de ensino de Rio Branco-AC: Aspectos referentes à seleção do dirigente escolar e à constituição de sua equipe gestora. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 18, n. 00, p. e023098, 2023. DOI: 10.21723/riaee.v18i00.18615. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/18615. Acesso em: 21 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos teóricos

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.