Educação continuada de gestores: instrumento de difusão das reformas e de inculcação das políticas educacionais

Miguel Russo, Sônia Santa Cruz

Resumo


O estudo de como se realiza a educação continuada dos educadores, em particular dos gestores escolares, é um importante instrumento de apreensão dos propósitos dos formuladores de políticas educacionais, na medida em que por meio dela promovem formas de doutrinação e cooptação dos educadores com vistas a sua adesão para a realização daqueles propósitos. O texto faz um recorte de um estudo mais amplo com destaque para as características do primeiro momento do Programa de Educação Continuada dos Gestores, ou seja, para o denominado PECLiderança, que ocorreu como parte das ações desenvolvidas na implementação da reforma da educação paulista durante o governo Covas. O estudo do discurso e dos textos produzidos pelos reformadores, assim como das estratégias por eles utilizadas, revela que havia clareza sobre a necessidade de sensibilizar a sociedade e os trabalhadores da escola, responsáveis últimos por transformar o projeto político em realidade nas escolas. Daí a ênfase na capacitação das chamadas lideranças, porque poderiam se transformar em obstáculo à objetivação. O estudo revela as inflexões no Programa de Educação Continuada em face dos resultados produzidos pela reforma.


Palavras-chave


Políticas de capacitação; educação continuada; gestores da educação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v0i7.9258



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.