A didática na formação inicial de professores: relato de experiência

Autores

  • Ivan Fortunato IFSP itapetininga UFSCar

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v13.n1.2018.10834

Palavras-chave:

Formação de Professores. Ensino de didática. Relato de experiência.

Resumo

Este artigo foi escrito na forma de ensaio a partir das experiências realizadas no ensino da disciplina de didática, do quinto semestre da licenciatura em física, e do segundo semestre da especialização em informática aplicada à educação, ambos cursos do Instituto Federal de São Paulo, campus Itapetininga. Sob o conceito de “missões” educativas, a disciplina de didática, nos dois níveis de ensino, foi realizada quase que na íntegra fora dos bancos escolares da educação superior, acontecendo no campo de atuação do professorado, ou seja, nas escolas. Na segunda metade do ano de 2017, estivemos em duas escolas estaduais, sendo uma técnica, e uma escola municipal, desenvolvendo diversas atividades de ensino de física e informática. Ao final, pode-se perceber que as missões não apenas servem para aproximar as escolas do local de formação de professores, como os próprios estudantes de licenciatura e pós-graduação conseguem compreender melhor a teoria pedagógica, sejam suas lacunas, sejam seus ideias de reflexão.

Biografia do Autor

Ivan Fortunato, IFSP itapetininga UFSCar

Pós-doutorado em Ciências Humanas e Sociais pela Universidade Federal do ABC. Doutor em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro. Coordenador do Núcleo de Estudos Transdisciplinares: Ensino, Ciência, Cultura e Ambiente (NuTECCA). Líder do Grupo de Pesquisas Formação de Professores para o Ensino básico, técnico, tecnológico e superior (FoPeTec). Pesquisador do Laboratório de Estudos do Lazer (LEL). Editor da Revista Hipótese e coeditor da Revista Internacional de Formação de Professores e da Revista Brasileira de Iniciação Científica. Membro da Academia Itapetiningana de Letras, cadeira 27, e do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Itapetininga (IHGGI), cadeira 37. Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSCAr. campus Sorocaba. Professor visitante do Programa de Pós-Graduação em Sustentabilidade na Gestão Ambiental, da UFSCAr. campus Sorocaba. Professor em regime de dedicação exclusiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), câmpus de Itapetininga. Contato: ivanfrt@yahoo.com.br

Referências

FALCHI, L.; FORTUNATO, I. Simulador PHET e o ensino da tabuada na educação básica: relato de experiência. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 22, n. 1, 2018. [no prelo]

FORTUNATO, I. Ensinando futuros professores a ensinar: relato de experiência. 2017. [artigo submetido].

FORTUNATO, I. Aprendendo com Célestin Freinet: o passado ainda é presente. Tendencia Pedagógicas, Madrid, v. 27, n. 1, p. 251-258, 2016a.

FORTUNATO, I. Ainda é preciso ter cuidado: escola?!. InterScience Place, Campos dos Goytacazes, v. 11, n. 2, p. 86-95, 2016b.

FREINET, C. Pedagogia do bom-senso. Trad. J. Baptista. 7. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

FREINET, C. Para uma escola do povo: guia prático para a organização material, técnica e pedagógica da escola popular. Trad. Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

IMBERNÓN, F. Mejorar la enseñanza y el aprendizaje en la universidad. São Paulo: Edições Hipótese, 2016.

NEILL, A. S. Um mestre contra o mundo: o fracasso que floriu numa nova escola. Trad. Aydano Arruda. São Paulo: IBRASA, 1978.

Publicado

03/01/2018

Como Citar

FORTUNATO, I. A didática na formação inicial de professores: relato de experiência. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. 1, p. 269–276, 2018. DOI: 10.21723/riaee.v13.n1.2018.10834. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/10834. Acesso em: 28 fev. 2021.

Edição

Seção

Relatos de Experiência