A formação de professores de ciências para uma prática pedagógica inclusiva

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v13.nesp2.set2018.11654

Palavras-chave:

Inclusão, Ensino de Ciências, Formação de Professores

Resumo

No que tange à Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva, observa-se a necessidade de potencializar o currículo dos cursos de licenciatura, em especial os relacionados ao Ensino de Ciências, com disciplinas e atividades que favoreçam os conhecimentos relativos ao desenvolvimento de estratégias pedagógicas inclusivas. Além disso, considera-se relevante que as disciplinas que contemplam os aspectos inclusivos estejam alicerçadas na racionalidade prática, para possibilitar ao futuro professor subsídios para atuar com os estudantes com deficiência, síndrome e/ou transtornos. Desse modo, este trabalho tem o objetivo de apresentar resultados de uma pesquisa realizada com um grupo de licenciandos dos cursos de Física, Química, Biologia e Matemática da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) no que tange aos conhecimentos teóricos e, em especial, práticos, construídos durante o período de formação para atuar com esses estudantes no contexto regular de ensino.

Biografia do Autor

Paloma Alinne A. Rodrigues, Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)

Docente na Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI). Possui Licenciatura em Física pela UNESP de Presidente Prudente; Mestrado em Ensino, História e Filosofia das Ciências e da Matemática pela Universidade Federal do ABC (UFABC); Especialista em Educação Especial Inclusiva na Universidade Norte do Paraná (UNOPAR); Especialista em Design Instrucional pela UNIFEI; e em Inovação em Tecnologias Educacionais pela Anhembi Morumbi e doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Realiza pesquisas sobre os seguintes temas: Formação de Professores de Ciências, Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, Ensino de Física, Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) e Educação a Distância. Foi coordenadora do Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (NAI) da UNIFEI durante o período de 2014 a 2015. É coordenadora do grupo de pesquisa Núcleo de Estudos em Formação Docente, Tecnologias e Inclusão (NEFTI) da UNIFEI.

Referências

BENITE, A. M. C.; BENITE, C. R. M; VILELA-RIBEIRO, E. V. Educação Inclusiva, ensino de Ciências e linguagem científica: possíveis relações. Revista Educação Especial, v. 28, n. 51, jan./abr. 2015.

CAMARGO, S.; NARDI, R. A Elaboração de uma estrutura curricular e a formação de professores de Física:as intenções legais, os processos de operacionalização, os discursos dos formadores e suas práticas docentes. In: NARDI, R.; BASTOS, F. (org.). Formação de professores e práticas pedagógicas no ensino de ciências: contribuições da pesquisa na área. São Paulo: Escrituras Editora, 2008.

CAMARGO, Eder Pires de.; et al. Ensino de Física e deficiência visual: diretrizes para a implantação de uma nova linha de pesquisa. In: XVIII SIMPÓSIO NACIONAL DE ENSINO DE FÍSICA, 2009, Vitória. Disponível em: http://www.sbf1.sbfisica.org.br/eventos/snef/xviii/sys/resumos/T0609-2.pdf. Acesso em: 07 jun. 2018.

DEIMLING, N. N. M.; CAIADO, K. R. M. Formação de professores para a educação inclusiva nos cursos de pedagogia das universidades públicas paulistas. Rev. Teoria e prática da educação, v. 15, n. 3, p. 51-64, setembro/dezembro., 2012.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas, temas básicos de educação e ensino. Editora Pedagógica e Universitária LTDA, 1986.

MIZUKAMI, M. G. N. Aprendizagem da docência: conhecimento específico, contextos e práticas pedagógicas. In: NACARATO, A. M.; PAIVA, M. A. V. (Org.). A formação do professor que ensina Matemática: perspectivas e pesquisas. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. p. 213-231

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces. Ciência & Educação, Bauru, v. 12, n. 1, p. 117-128, 2006.

NÓVOA, A. Professores: Imagens do Futuro Presente. Educa Lisboa, 2009.

PERRENOUD, P.; et al. As Competências para ensinar no século XXI: a formação dos professores e o desafio da avaliação. Tradução: Claudia Schilling e Fátima Murad. Porto Alegre: Artmed, 2002.

Downloads

Publicado

01/09/2018

Como Citar

RODRIGUES, P. A. A. A formação de professores de ciências para uma prática pedagógica inclusiva. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. esp.2, p. 1449–1458, 2018. DOI: 10.21723/riaee.v13.nesp2.set2018.11654. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/11654. Acesso em: 28 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos