Sobre a epistemologia da formação de professores

Ivan Fortunato, Juanjo Mena

Resumo


Este artigo de abertura do número especial sobre epistemologia e formação de professores busca apresentar um panorama parcial da área. Elaborado na forma de um ensaio, o objetivo é descrever algumas teorias que têm norteado a formação docente, inicial e continuada, a partir de práticas vivenciadas em territórios distintos. Não se trata de um estudo comparado, pois não se analisam as diferenças ou proximidades. O objetivo principal é refletir sobre o suporte epistemológico, consistente e/ou emergente, que tem embasado normas, formas e metodologias de formação de professores. Ao final, espera-se colocar em evidência a epistemologia como algo fundante da carreira docente, a qual deve ser revisitada amiúde por aqueles que são responsáveis pela formação de professores.

Palavras-chave


Formação docente; Teoria educativa; Prática docente

Referências


ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia. Trad. Alfredo Bosi. 5 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

ANGUITA, R. Algunas claves de la historia de la formación del profesorado en España para comprender el presente. Revista Universitaria de Formación del Profesorado, v. 30, p. 97-109, 1997.

AZCÁRATE, P. El diseño curricular en la formación didáctico matemática de los maestros. II Simposio sobre el currículo en la formación de profesores en el área de didáctica de las matemáticas de la Universidad de León: León: Actas…, 1997. p. 105-123.

BARROS, M. S. F.; VICENTINI, D. A epistemologia dialética na atividade pedagógica: realidade e possibilidade na formação do professor da infância. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp. n. 3, p. 1952-1963, dez., 2018.

COSTA, M. C. S.; SOUZA, M. B.; CABRAL, M. C. R. A epistemologia da formação de professores materializada por meio dos organismos multinacionais. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp. n. 3, p. 2041-2053, dez., 2018.

CUNHA, C. R.; FORTUNATO, I. 50 Anos dedicados à pedagogia Freinet: um encontro com Rosa Maria Whitaker Sampaio. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. esp. p. 554-563, 2017.

CUNHA, M. I. da. O tema da formação de professores: trajetórias e tendências do campo na pesquisa e na ação. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 39, n. 3, p. 609-625, 2013.

DINIZ-PEREIRA, J. E. A construção do campo da pesquisa sobre formação de professores. Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 22, n. 40, p. 145-154, 2013.

DUARTE, P.; MOREIRA, A. I. epistemologia na profissão docente: a perspectiva dos professores em formação sobre formação inicial, supervisão pedagógica e identidade profissional. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp. n. 3, p. 1964-1994, dez., 2018.

FALCHI, L.; FORTUNATO, I. Simulador phet e o ensino da tabuada na educação básica: relato de experiência. Política e Gestão Educacional, Araraquara v. 22, n. 1, p. 439-452, 2018.

FORTUNATO, I. A epistemologia da formação docente: o que se pode aprender com o empirismo de Freinet. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp. n. 3, p. 1995-2007, dez., 2018.

FORTUNATO, I. A didática na formação inicial de professores: relato de experiência. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. 1, p. 269-276, 2018b.

FORTUNATO, I. Um curso de formação continuada de professores como lócus de pesquisa-ação: relato de experiência. Estreiadiálogos, Braga, v. 3, n. 1, 2018. [no prelo]

FORTUNATO, I. Reasons to consider Célestin Freinet’s pedagogy still current. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. esp. p. 550-553, 2017.

FORTUNATO, I. 50 Anos sem Célestin Freinet, 500 Anos de Retrocesso das Práticas Escolares. Journal for Educators, Teachers and Trainers, Granado, v. 7, n. 1, p. 174-181, 2016a.

FORTUNATO, I. Aprendendo com Célestin Freinet: o passado ainda é presente. Tendencia Pedagógicas, Madrid, v. 27, n. 1, p. 251-258, 2016b.

FORTUNATO, I.; CUNHA, C. R.; TEMPLE, C. Célestin Freinet’s pedagogical invariants: a pathway to free and collaborative school education. Quaderni di didattica della scrittura, v. 26, n. 2, p. 44-51, 2016.

FÜLLER, F. F. Concerns of teachers: a developmental conceptualization. American Educational Research Journal, Washington (DC), v. 6, n. 2, p. 207- 226, 1969.

GUÍA DEL PRACTICUM en los grados de maestro. 2018a. Universidad de Salamanca. Disponível em: http://www.usal.es/grado-en-maestro-en-educacion-primaria-facultad-de-educacion. Acesso em: 14 out. 2018.

GUÍA DEL PRACTICUM en el Máster Universitario en Profesor de Educación Secundaria. 2018b. Disponível em: http://www.usal.es/master-secundaria. Acesso em: 14 out. 2018.

HERRÁN GASCÓN, A. Algunos fundamentos sobre la formación continua del professorado desde el enfoque radical e inclusivo. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp, n. 3, p. 1896-1934, dez., 2018.

IMBERNÓN, F. La formación del profesorado: ciertas confusiones y algunas evidencias. Aula de Innovación Educativa, v. 62, p. 40-42, 1997.

JAPIASSU, H. F. Introdução ao pensamento epistemológico. 5 ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves Editora, 1988.

LADD H. F. Teacher Labor Markets in Developed Countries. Excellence in the Classroom, v. 17, n. 1, p. 201–217, 2007.

LIBÂNEO, J. C. Didática. 34 reimp. São Paulo: Cortez, 1994.

MENA, J.; CLARKE, A. Eliciting Teachers’ Practical Knowledge through Mentoring Conversations in Practicum Settings. In: TILLEMA, H.; WESTHUIZEN, G. J. van der; SMITH, K. (org.) Mentoring for Learning: “Climbing the Mountain”. Rotterdam: Sense Publishers, 2015. p. 47-78.

MENA, J.; RODRÍGUEZ, M.; HUBBAL, H.; CLARKE, A. La supervisión en el practicum bajo un enfoque multidisciplinar. In: Conferência ISATT: formação e trabalho docente na sociedade da aprendizagem, 2014, Braga. Anais eletrônicos... Braga: Universidade do Minho, 2014.

MENA, J.; HENNISSEN, P.; LOUGHRAN, J. Developing pre-service teachers' professional knowledge of teaching: the influence of mentoring. Teaching and Teacher Education, v. 66, p. 47-59, 2017.

MENA, J. La formación del profesorado, la mentoría, y el conocimiento profesional docente en el prácticum del grado de maestro de Educación Primaria. Trabajo para promoción docente no publicado. Universidad de Salamanca, 2016. (mimeo)

NOGARO, A.; JUNG, H. S.; SIMÕES, E. M. S. O que representa a atenção para a epistemologia da aprendizagem na contemporaneidade? – a percepção docente. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp. n. 3, p. 2026-2040, dez., 2018.

PENA, A.; TOLEDO, L.; KRAMER, S. “Eu fiz um esquecimento do meu passado de professora”: memória, narrativa e experiência como caminho epistemológico na formação de professores. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp. n. 3, p. 2008-2025, dez., 2018.

PILETTI, N. Didática Geral. 23 ed. São Paulo: Ática, 2004.

PIMENTA, S. G. (org.) Didática e formação de professores: percursos e perspectivas no Brasil e em Portugal. 3ª ed. São Paulo: Cortez, 2000.

RAIMUNDO, J.A.; FAGUNDES, M. A epistemologia da práxis como fenômeno formador do/a docente: um caminho possível? Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp. n. 3, p. 1935-1951, dez., 2018.

ROMANOWSKI, J. P. Tendências da pesquisa em formação de professores. Atos de pesquisa em educação, Blumenau, v. 8, n. 2, p.479-499, 2013.

SANTOS, C.; MACIEL, M. A formação docente e as (in) compreensões epistemológicas: revelações do PNAIC. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp. n. 3, p. 2071-2086, dez., 2018.

SEPTIMIO, C.; MENDES, G. M. L.; COSTA, G. D. da. Habitantes temporários: O pressuposto epistemológico do (não) saber docente e a inventividade. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp. n. 3, p. 2054-2070, dez., 2018.

SOFFNER, R. K.; KIRSCH, D. B. Formação do professor-pesquisador: a importância da fundamentação epistemológica. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. esp. n. 3, p. 2087-2099, dez., 2018.

TESSER, G. J. Principais linhas epistemológicas. Educar, Curitiba, n. 10, p. 91-98, 1995.

ZEICHNER, K. New epistemologies in teacher education. Rethinking the connections between campus courses and practical experiences in teacher education at the university. Interuniversity Journal of Teacher Education, v. 68, n. 24, p. 123-150, 2010,




DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.unesp.v13.iesp3.dez.2018.11900



Direitos autorais 2019 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.