Metodologias ativas e novas competências docentes: uma experiência de produção de textos imagéticos no meio digital

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v16i4.14043

Palavras-chave:

Formação, Professor, Metodologias ativas, Tecnologia digital

Resumo

Respaldado nas metodologias ativas de ensino, este artigo apresenta o relato de uma experiência pedagógica – produção de textos imagéticos – desenvolvida em tecnologia digital móvel, proposta para professores em formação inicial. Metodologicamente, realizamos um estudo de caso com licenciandos em Letras de uma Universidade particular localizada no estado de Pernambuco. Concluímos que os docentes em formação ampliam suas competências quando utilizam caminhos autônomos que os façam avançar em conhecimento, competências socioemocionais e em novos gestos pedagógicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberta Caiado, Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), Recife – PE

Coordenadora da Pós-graduação Stricto Sensu da UNICAP, Professora e Pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem, Professora do Curso de Letras Centro de Teologia e Ciências Humanas. Doutorado em Educação (UFPE).

Renata Fonseca Lima da Fonte, Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), Recife – PE

Professora e Pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem, Professora do Curso de Letras Centro de Teologia e Ciências Humanas. Doutorado em Linguística (UFPB).

Isabela Barbosa do Rêgo Barros, Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), Recife – PE

Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem, Professora e Pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem, Professora do Curso de Letras Centro de Teologia e Ciências Humanas. Doutorado em Letras (UFPB).

Referências

ALMEIDA, D. Multimodalidade e ensino: integrando o texto e o contexto em estruturas visuais. In: BARBARA, L.; MOYANO, E. (org.). Textos e linguagem acadêmica: explorações sistêmico funcionais em espanhol e português. Campinas: Mercado de letras, 2011. p. 55-66.

BALACHEFF, N. La transposition informatique. Note sur um nouveau problème pour la didactique. In: ARTIGUE, M. et al. Vingt ans de didactique des mathématiques en France. Grenoble: La Pensée Sauvage Editions, 1994. p. 364-370.

BENDER, W. N. Aprendizagem baseada em projetos, educação diferenciada para o século XXI. Porto Alegre: Penso, 2015.

BONILLA, M. H. Escola Aprendente: para além da sociedade da informação. Rio de Janeiro: Quartet, 2005.

BRANSFORD, J. D.; BROWN, A. L.; COCKING, R. R. How people learn: brain, mind, experience, and school. Washington, D.C.: National Academy Press, 2000.

CAIADO, R. Novas tecnologias digitais da informação e comunicação e o ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3900. Acesso em: 15 ago. 2020.

CAIADO, R.; FONTE, R.; BARROS, I. Textualidade em tecnologia digital móvel: a construção da coesão e da coerência em textos imagéticos. Hipertextus Revista Digital, Recife, v. 19, p 23-38, 2018. Disponível em: http://www.hipertextus.net/volume19/Art2Vol19.pdf. Acesso em: 10 ago. 2019.

CAIADO, R.; LEFFA, V. J. A oralidade em tecnologia digital móvel: debate regrado via WhatsApp. Hipertextus Revista Digital, Recife, v. 16, n. 1, p. 109-133, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/hipertextus/article/view/247924. Acesso em: 10 ago. 2019.

CUNHA, C. S. et al. Aprendizagem baseada em projetos: definições e aplicabilidades. In: NEVES, V. J. et al. (org.). Metodologias ativas: inovações educacionais no ensino superior. Campinas: Pontes Editores, 2019. p. 93-104.

DUBOIS, J. et al. Dicionário de linguística. São Paulo: Cultrix, 1973.

ESOPO 550 a.C. Fábulas de Esopo. Porto Alegre: L&PM, 2011.

FONTE, R.; BARROS, I.; CAIADO, R. A coesão e a coerência em tecnologia digital móvel: produção textual da fábula imagética. In: CAIADO, R.; BARROS, I.; BEZERRA, B. (org.) Linguagem interdisciplinaridade: diferentes gestos de interpretação. São Paulo: Pá da Palavra, 2019. p. 35-47.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

KRAJCIK, J.; BLUMENFELD, P. Project-Based Learning. In: SAWYER, R. (Ed.). The Cambridge Handbook of the Learning Sciences. Cambridge: Cambridge University Press, 2005. p. 317-334.

MAURI, T.; ONRUBIA, J. O professor em ambientes virtuais: perfil, condições e competências. In: COLL, C.; MONEREO, C. (org.). Psicologia da Educação Virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e da comunicação. Porto Alegre: Artmed, 2010. p. 118-135.

MORAN, J. Metodologias ativas para uma aprendizagem mais profunda. In: BACICH, L.; MORAN, J.(org.) Metodologias Ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. Porto Alegre: Penso, 2018. p. 1- 44.

PÉREZ GÓMEZ, Á. I. Educação na Era Digital: a Escola Educativa. Trad. Marisa Guedes; Rev. técnica Bartira Costa Neves. Porto Alegre: Penso, 2015.

VALENTE, J.; ALMEIDA, M. E. Narrativas digitais e o estudo de contextos de aprendizagem. Revista em Rede, Porto Alegre, v. 1, n. 1, p. 32-50, 2014. Disponível em: https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/view/10. Acesso em: 13 ago. 2019.

XAVIER, A. C. Letramento digital e ensino. In: SANTOS, C. F.; MENDONÇA, M. (org.). Alfabetização e Letramento: conceitos e relações. Belo Horizonte: Autêntica, 2005. p. 133-148.

Publicado

21/10/2021

Como Citar

CAIADO, R.; FONTE, R. F. L. da; BARROS, I. B. do R. Metodologias ativas e novas competências docentes: uma experiência de produção de textos imagéticos no meio digital. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 4, p. 2682–2700, 2021. DOI: 10.21723/riaee.v16i4.14043. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/14043. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.