Mestrado profissional em ensino de ciência e matemática: uma interpretação

Autores

  • Alberto Villani IFUSP - Instituto de Física da Universidade de São Paulo. São Paulo – SP – Brasil. 0055900

DOI:

https://doi.org/10.21723/RIAEE.v11.esp.1.p418

Palavras-chave:

Formação de educadores, Mestrado profissional, Ensino de ciência, Ensino de matemática,

Resumo

É apresentada uma interpretação sobre a implantação e desenvolvimento do Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática. No levantamento dos eventos referentes ao projeto, é apontado que eles não podem ser entendidos somente como frutos de escolhas racionais neutras, mas devem ser entendidos também como resultado de lutas políticas no campo acadêmico entre três grupos: o dos pesquisadores em Ciências, o dos pesquisadores em Educação e o dos pesquisadores em Ensino de Ciências e Matemática.

Downloads

Publicado

04/05/2016

Como Citar

VILLANI, A. Mestrado profissional em ensino de ciência e matemática: uma interpretação. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 11, n. esp.1, p. 418–433, 2016. DOI: 10.21723/RIAEE.v11.esp.1.p418. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8563. Acesso em: 4 mar. 2021.