A hermenêutica como possibilidade metodológica à pesquisa em educação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n4.out./dez.2017.9270

Palavras-chave:

Hermenêutica. Educação. Metodologia da pesquisa.

Resumo

O objetivo deste texto é problematizar e apontar caminhos para a utilização da hermenêutica como possibilidade metodológica à pesquisa em educação. Trata-se de uma reflexão teórica sobre o horizonte hermenêutico como um princípio científico e educativo para a interlocução e para a contradição formativa em diálogo com o outro, superando as fraquezas e limitações da incompreensão. Os resultados da pesquisa apontam que a abordagem hermenêutica mostra-se muito importante para as pesquisas acadêmicas em educação, constituindo-se em uma rica fonte de análise, trazendo contribuições para a construção do problema de pesquisa, a análise de dados e sua respectiva interpretação, sendo fundamental para o jogo pergunta-resposta e para a abertura dialógica – via de acesso à compreensão humana.

Biografia do Autor

Pilar de Moraes Sidi, Universidade La Salle.

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em educação da Universidade La Salle - UNILASALLE, Canoas, RS, Brasil. Integrante do grupo de pesquisa NETE/CNPq e bolsista da Capes.

Elaine Conte, Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade La Salle de Canoas - UNILASALLE.

Doutora em Educação (UFRGS). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade La Salle - UNILASALLE/Canoas. Líder do Núcleo de Pesquisas sobre Tecnologias na Educação - NETE/CNPq.

Referências

ALVES, A. J. O planejamento de pesquisas qualitativas em educação. Cadernos de Pesquisa, n. 77, p. 53-61, 1991.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Edições 70: Lisboa, 2000.

CRUZ, R. J. B. Hermenêutica e educação: o sentido gadameriano de diálogo ressignificando as relações pedagógicas. Revista Espaço Acadêmico, v. 10, n. 112, p. 43-50, 2010.

DILTHEY, W. A compreensão dos outros e das suas manifestações de vida. In: GARDINER, P. (Org.). Teorias da história. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1984.

GADAMER, H. G. Verdade e método I. Traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. São Paulo: Editora Universitária São Francisco, 2005.

GAMBOA, S. S. Projetos de pesquisa, fundamentos lógicos: a dialética entre perguntas e respostas. Chapecó: Argos, 2013.

GHEDIN, E. Hermenêutica e pesquisa em educação: caminhos da investigação interpretativa. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE PESQUISA E ESTUDOS QUALITATIVOS – SIPEQ, 2. ed., 2004. Anais II Seminário internacional de pesquisa e estudos qualitativos, Universidade Sagrado Coração: Bauru, São Paulo. p. 1-14.

HERMANN, N. Hermenêutica e educação. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

MINAYO, M. C. S. Pesquisa social. Teoria método e criatividade. São Paulo: Vozes, 1992.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento. São Paulo: Editora Hucitec, 1993.

PALMER, R. E. Hermenêutica. Tradução Maria Luísa Ribeiro Ferreira. Lisboa: Edições 70, 2006.

SCHLEIERMACHER, F. D. E. Hermenêutica - Arte e técnica da interpretação. Trad. Celso Reni Braida. Rio de Janeiro: Vozes, 1999.

WELLER, W. A hermenêutica como método empírico de investigação. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 30 ed. Anais 30ª Reunião Anual da ANPED, Caxambu: UFMG, Minas Gerais. p. 7-10.

Downloads

Publicado

15/10/2017

Como Citar

SIDI, P. de M.; CONTE, E. A hermenêutica como possibilidade metodológica à pesquisa em educação. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. 4, p. 1942–1954, 2017. DOI: 10.21723/riaee.v12.n4.out./dez.2017.9270. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/9270. Acesso em: 28 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos