Avaliação da aprendizagem: reflexões dos professores de educação física na educação básica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v23i2.11541

Palavras-chave:

Escola, Educação Física, Ensino Médio.

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar a concepção dos professores na Educação Física escolar sobre avaliação da aprendizagem. O caminho metodológico caracterizou-se por uma investigação de campo, cuja abordagem é qualitativa. Os participantes foram oito professores de Educação Física da rede estadual de ensino Municipal de Sobral/CE. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada e analisados usando a análise temática de Minayo (2014). Constatou-se nos resultados que apesar das mudanças propostas nas últimas décadas no que se refere ao entendimento sobre avaliação da aprendizagem, ainda é possível identificar professores que possuem uma compreensão fragilizada, frente a uma racionalidade técnica, com concepções utilitaristas do processo avaliativo. Em meio a conclusões inacabadas, propõe-se ações mais efetivas para a formação dos professores, possibilitando assim, que através do exercício reflexivo no ato de ensinar se atendam às reais expectativas da avaliação da aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Petrília Rocha Fernandes, Universidade Estadual do Ceará

Mestre em Ensino na Saúde (UECE)

Graduada em Educação Física (UVA)

Professora da Secretaria de Educação do Estado do Ceará (SEDUC), e professora-orientadora do Instituto de Estudos e Pesquisas do Vale do Acaraú(IVA). 

Maria Adriana Borges dos Santos, Universidade Estadual do Ceará

Mestre em Educação (UECE)

Graduada em Educação Física (UECE)

Bolsista CAPES.

Professora efetiva da rede municipal de Maracanaú.

Kessiane Fernandes Nascimento, Universidade Estadual do Ceará

 

Mestre em Educação na Universidade Estadual do Ceará - UECE.

Graduada em Licenciatura Plena em Educação Física pela UECE (2005).

Professora efetiva de Educação Física na rede municipal de ensino de Fortaleza e docente na Faculdade Terra Nordeste no Curso de Educação Física. 

Manoela de Castro Marques Ribeiro, Universidade Estadual do Ceará

Especilista  em Atividade Física para grupos especiais.

Graduada em Educação física - UECE.

Heraldo Simões Ferreira, Universidade Estadual do Ceará

Doutor em Saúde Coletiva (UECE).

Graduado em Educação Física (UNIFOR).

Professor Adjunto da Universidade Estadual do Ceará desde 2003, lotado no curso de Educação Física (CCS/UECE).

Professor do Programa de Pós Graduação em Educação da UECE - PPGE (Mestrado e Doutorado em Educação). 

Docente e vice coordenador do Curso de Mestrado Profissional em Ensino da Saúde - CMEPES UECE. 

Referências

ALEGRE, A. N. A avaliação em Educação Física: ação docente nas escolas oficiais de primeiro grau. 1993. 152 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Escola de Educação Física, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1993.

ANDRADE, J. A. L. Avaliação da aprendizagem do discurso revelado à prática pedagógica: um estudo de caso numa escola de ensino médio em Maracanaú-CE. 2010. 173 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010.

BRACHT, V. Educação Física e aprendizagem social. Porto Alegre: Magister, 1992.

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Resolução n° 466, de 12 de dezembro de 2012. Diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília, 2012.

DARIDO, S. C. A avaliação da Educação Física na escola. In: UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Prograd. Caderno de formação: formação de professores didática geral. São Paulo: Cultura Acadêmica, p. 127-140, v. 16, 2012.

FONTOURA, T. B. et al. Avaliação escolar da Educação Física segundo a opinião de professores da rede estadual de ensino de Santa Maria. Educação Física em Revista, Brasília- DF, v. 8, n. 3, p. 01-09, 2014.

FRÓES JÚNIOR, E. G. et al. Avaliação: Desafios e Perspectivas para Educação Física Escolar. In: IV EDIPE - Encontro Estadual de Didática e Práticas de Ensino. 2011, Goiânia, Anais do IV EDIFE. 2011.

HADJI, C. Avaliação desmistificada. Porto Alegre: ArtMed, 2001.

HAYDT, R. C. C. Avaliação do processo ensino-aprendizagem. 6. ed. São Paulo: Ática, 1997.

HOFFMANN, J. Avaliação: mito e desafio. Uma perspectiva construtivista. 33. ed. Porto Alegre: Mediação, 2003.

KRAEMER, M. E. P. A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer. Revista da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior, v. 10, n. 2, jun. 2005.

LIBÂNEO, J. C. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

LIMA, E. S. Ciclos de formação: uma reorganização do tempo escolar. São Paulo: Sobradinho 107, 2002.

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem escolar. São Paulo: Cortez, 2003.

MENDEZ, J. M. A. Avaliar para conhecer, examinar para excluir. Porto Alegre: Artmed, 2002.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec, 2014.

PERRENOUD, P. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens - entre duas lógicas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999.

RIBEIRO, E. A. G. Avaliação Formativa em Foco: Concepção e Características no Discurso Discente. 2011. 137f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2011.

SACRISTAN, J. G. O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Publicado

06/03/2019

Como Citar

ROCHA FERNANDES, M. P.; BORGES DOS SANTOS, M. A.; NASCIMENTO, K. F.; MARQUES RIBEIRO, M. de C.; FERREIRA, H. S. Avaliação da aprendizagem: reflexões dos professores de educação física na educação básica. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 23, n. 2, p. 306–320, 2019. DOI: 10.22633/rpge.v23i2.11541. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/11541. Acesso em: 23 jun. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)