O direito à educação de qualidade no Mercosul

Autores

  • Kellcia Rezende Souza Universidade Federal da Grande Dourados
  • Maria Teresa Miceli Kerbauy Faculdade de Ciências e Letras, FCLAr/Unesp

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n4.out./dez.2017.10771

Palavras-chave:

Direito à educação. Mercosul. Política educacional.

Resumo

O objetivo da pesquisa consiste em analisar o direito à educação a partir dos indicadores de qualidade educacional nos países do Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela). Trata-se de um dos resultados mensurados pela Tese de Doutorado intitulada “O Direito à educação nos países membros do Mercosul: um estudo comparado”. A fim de propiciar o alcance do objetivo proposto foi realizada uma pesquisa bibliográfica e documental com enfoque qualitativo. A fonte documental se constituiu pelos relatórios do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), tendo como categorias de análise a despesa pública destinada a educação e o índice de qualidade de ensino dos membros do bloco. Ademais, a discussão versou pela comparação e confronto dos dados dos indicadores educacionais dos Estados membros do Mercosul com a literatura da área. Apesar dos países do bloco apresentarem, nas últimas décadas, a expansão de investimentos e, também, da cobertura de vagas para a educação básica, esse crescimento não esteve atrelado a qualidade, com exceção de Argentina e o Uruguai, que são os países com os mais elevados indicadores educacionais e figuram entre os melhores colocados, se compararmos igualmente os demais países da América Latina. Esse quadro se apresenta como um entrave não só para o desenvolvimento social, político e econômico dos países, como, também, para a consolidação de um processo efetivo de integração regional no âmbito Mercosul. 

Biografia do Autor

Kellcia Rezende Souza, Universidade Federal da Grande Dourados

Professora Doutora da Faculdade de Educação

Maria Teresa Miceli Kerbauy, Faculdade de Ciências e Letras, FCLAr/Unesp

Professora no PPG em Educação Escolar

Referências

AKKARI, A.; NOGUEIRA, N. As condições para uma educação básica de qualidade na América Latina. Diálogo Educacional, Curitiba, v. 7, n. 22, p. 131-145, 2007.

BABINSKI, D. B. de O. O direito à educação básica no âmbito do Mercosul: proteção normativa nos planos constitucional, internacional e regional 2010. 182f. Dissertação (Mestrado em Direito) – Faculdade de Direito, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

CABRAL, K. M.; DI GIORGI, C. A. G. O direito à qualidade da Educação Básica no Brasil: uma análise da legislação pertinente e das definições pedagógicas necessárias para uma demanda judicial. Educação, Porto Alegre, v. 35, n. 1, p. 116-128, 2012.

DOURADO, L. F.; OLIVEIRA, J. F. A qualidade da educação: perspectivas e desafios. Cadernos Cedes, Campinas, 29, n. 78, p. 201-215, 2009.

MINAYO, M. C. de S. Construção de indicadores qualitativos para avaliação de mudanças. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, n. 33, p. 83-91, 2009.

OLIVEIRA, R. P. Da universalização do Ensino Fundamental ao desafio da qualidade: uma análise histórica. Educação e Sociedade, Campinas, v. 28, n. 100, p. 661-690, 2007.

OLIVEIRA, R. P.; ARAÚJO, G. C. Qualidade do ensino: uma nova dimensão da luta pelo direito à educação. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 28, p. 5 – 24, 2005.

PILETTI, N.; PRAXEDES, W. Mercosul, competitividade e educação. Estudos Avançados, São Paulo, v. 12 n. 34, p. 219-233, 1998.

PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO - PNUD. Relatório de desenvolvimento humano 2005: cooperação internacional em um encruzilhada. Lisboa: Instituto Camões, 2005.

PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO - PNUD. Relatório de desenvolvimento humano 2015: o trabalho como motor de desenvolvimento humano. Lisboa: Instituto Camões, 2015.

SANTOS, A. L. F.; AZEVEDO, J. M. L. A pós-graduação no Brasil, a pesquisa em educação e os estudos sobre a política educacional: os contornos da constituição de um campo acadêmico. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 14, n. 42, p. 534- 550, 2009.

SANTOS, G. B. dos.; OURIQUE, S. A.; SILVA, W. A qualidade da educação na América Latina. Revista da Faced, Salvador, n.12, p.33-49, 2007.

SILVEIRA, Z. C. Setor educacional do Mercosul: convergência e integração regional da educação superior brasileira. Avaliação, Campinas; v. 21, n. 3, p. 901 – 927, 2016.

SOUZA, K. R. Direito à educação nos países membros do Mercosul: um estudo comparado. 2017. 346f. Tese (Doutorado em Educação Escolar) – Universidade Estadual Paulista, Araraquara-SP, 2017.

SUSMEL, N. Escenarios y desafios de la educación preescolar, básica y media en Argentina. In: SPOLA. Los desafios de educación preescolar, básica y media em América Latina. Mexico: Konrad-Adenauer, 2014. p. 13 – 38.

TELLO, C.; MAINARDES, J. A educação secundária na América Latina como um direito democrático e universal: uma análise de documentos do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 28, p. 155-179, 2014.

UNESCO. Situación Educativa de América Latina y el Caribe. Santiago: Ediciones del Imbunche, 2013.

VIEIRA, F. S. C. Direito fundamental à educação pública de qualidade: legislação pertinente e sua efetiva aplicabilidade. In: REUNIÃO ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS- GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO – SUL, 10º, Florianopólis. Anais... Florianópolis: 2014.

Downloads

Publicado

15/10/2017

Como Citar

Souza, K. R., & Kerbauy, M. T. M. (2017). O direito à educação de qualidade no Mercosul. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 12(4), 2245–2260. https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n4.out./dez.2017.10771

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)