O docente e o uso das tecnologias no processo de ensinar e aprender

Claudemir Públio Júnior

Resumo


O objetivo deste estudo consiste em apresentar e discutir as contribuições das Tecnologias da Informação e da Comunicação na formação dos docentes que atuam e que irão atuar nas instituições educativas. O método escolhido foi o da revisão bibliográfica. O estudo destacou que a instituição escolar não pode perder a chance de ser agente transformador, deixando-se ficar à margem dos acontecimentos ou de influenciar na construção de novos conhecimentos. Mostrou também que a educação por meio das Tecnologias de Informação e Comunicação oferece novas possibilidades de aprendizagem aberta e flexível. Ao planejar a integração das TICs na formação de professores, é importante que as instituições educacionais entendam quais habilidades e conhecimentos esses profissionais precisam adquirir para usar efetivamente essa tecnologia em suas aulas, compreendendo, ainda, até que ponto a instituição está preparada para realizar a integração das TICs nos currículos.


Palavras-chave


Formação docente; Novas tecnologias da informação e comunicação; Ensino e aprendizagem

Texto completo:

PDF PDF (Español (España)) XML

Referências


ALONSO, K. M. Tecnologias da informação e comunicação e formação de professores: sobre redes e escolas. Revista Educação e Sociedade, Campinas, v.29, n. especial, CEDES, 2008.

ARRUDA, E. E; RASLAN, V. G. S. Implantação do programa nacional de informática na educação (Proinfo), no Brasil e no Estado de mato Grosso do Sul. 2006.

BARRETO, R. G. Formação de professores, tecnologias e linguagens: mapeando novos e velhos (des)encontros. São Paulo: Loyola, 2002.

BRITO. G. da S; PURIFICAÇÃO, I.da. Educação e Novas Tecnologias: um repensar. São Paulo: Pearson, 2012.

IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. São Paulo: Cortez, 2006.

LEITE, L. S. Mídia e a perspectiva da tecnologia educacional no processo pedagógico contemporâneo. In: FREIRE, Wendel (org.). Tecnologia e educação: as mídias na prática docente. 2 ed. Rio de Janeiro: WAK, 2011.

MIZUKAMI, M. da G. N. Escola e aprendizagem da docência: processos de investigação e formação. São Carlos, 2002.

MORAES, U. C. (org.). Tecnologia Educacional e Aprendizagem: O uso dos Recursos Digitais. São Paulo: Livro Pronto, 2008.

NUNES, C. E. de. As Tecnologias de Informação e Comunicação e a aprendizagem de educadores no devir da complexidade. Dissertação. Programa de Pós-Graduação em Educação. Mestrado - Universidade de Santa Cruz do Sul, 2010.

OLIVEIRA, F. B. de. Tecnologia da Informação e Comunicação: A busca de uma visão ampla e estruturada. São Paulo: Pearson, 2007.

PERRENOUD, P.; THURLER, M. G. et al. As competências para ensinar no sec. XXI: a formação dos professores e o desafio da avaliação. Porto Alegre: Artmed, 2002.

SAMPAIO, M. N.; LEITE, S. L. Alfabetização tecnológica do professor. Petrópolis. RJ: Vozes, 1999.

SILVA, B.; DUARTE, E.; SOUZA, K. (2013). Tecnologias digitais de informação e comunicação: artefactos que potencializam o empreendedorismo da geração digital. In: Morgado, José Carlos; Santos, Lucíola Licínio de Castro Paixão; Paraíso, Marlucy Alves (Org.), Estudos curriculares. Um debate contemporâneo. Curitiba: Editora CRV, p. 165-179.

TARDIF, M.; LESSARD, C. O trabalho docente: Elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. Petrópolis, RJ, 2008.

UNESCO BRASIL. Ensino de Ciências: o futuro em risco. 2005. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0013/001399/139948por.pdf. Acesso em: 01 jan. 2018.




DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v13.n3.2018.11190



Direitos autorais 2018 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.