Docência nos cursos de formação de professores que ensinam matemática: o que as pesquisas revelam?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v15iesp2.13824

Palavras-chave:

Docência, Licenciatura em matemática, Licenciatura em pedagogia.

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar os resultados encontrados em pesquisas brasileiras sobre cursos de formação de professores no período de 2014-2018. Como questão norteadora desta investigação, buscar-se-á responder: quais aspectos são apontados em pesquisas brasileiras em relação à docência nos cursos de formação de professores que ensinam Matemática? Para isso será feito um levantamento de investigações na plataforma de dissertações e teses da Capes utilizando as palavras-chave retiradas do objetivo aqui proposto. Como filtro será utilizado a área de ensino de Ciências e Matemática e área de concentração em Educação Matemática, no qual será selecionado somente as teses que abordam a temática. Preliminarmente os levantamentos iniciais feitos por meio da leitura dos títulos e resumos apontam, de modo geral, a necessidade de incentivo em pesquisas que abordem a questão da formação do professor, envolvendo cursos de extensão e de outras práticas formativas que permitem ampliar e aprofundar o conhecimento profissional docente.

Biografia do Autor

Angelica da Fontoura Garcia Silva, Universidade Anhanguera de São Paulo (UNIAN-SP), São Paulo – SP

Professora do Programa de Pós-graduação em Educação Matemática.

Edvonete Souza de Alencar, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Dourados – MS

Professora adjunta da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-graduação em Educação Científica e Matemática na Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS).

Maria Elisabette Brisola Brito Prado, Universidade Anhanguera de São Paulo (UNIAN-SP), São Paulo – SP

Professora do Programa de Pós-graduação em Educação Matemática.

Referências

ALMEIDA, M.V.R. de; RIBEIRO, M.; FIORENTINI, D. Conhecimento especializado do formador de professores de matemática. In: CYRINO, M.C.T. (Org.) Temáticas emergentes de pesquisas sobre a formação de professores que ensinam matemática [livro eletrônico] : desafios e perspectivas. Brasília, DF: SBEM, 2018, p. 194-214. Disponível em: http://sbembrasil.org.br/files/tematicas_emergentes.pdf Acesso em: 4 ago. 2019.

BALL, D.; THAMES, M. H.; PHELPS, G. Content knowledge for teaching: what makes it special? Journal of Teacher Education, v. 59, n. 5, p. 389-407, 2008.

BELO, E.S.V. Cartografias experienciais de formadores de professores de matemática: consciência de si e autoformação. Doutorado (Educação em Ciências e Matemáticas) Instituição de Ensino: Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

BRITO, M.F. de. Cursos de Licenciatura em Pedagogia das Universidades Estaduais da Bahia: Análise Da Formação Matemática para a Educação Infantil. Doutorado em Educação Matemática. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.

COCHRAN-SMITH, M., LYTLE, S. L. Inquiry as Stance, Practitioner Research for the Next Generation. New York, New York: Teachers College Press, 2009.

CURI, E. A matemática e os professores dos anos iniciais. São Paulo: Musa Editora, 2005.

DE PAULA, E.F.; CYRINO, M.C.C.T. Lyte (2009) Perspectivas de identidade profissional de professores que ensinam matemática presentes em dissertações e teses brasileiras. In: CYRINO, M. C. C. T. (Ed.). Temáticas emergentes de pesquisas sobre a formação de professores que ensinam matemática: desafios e perspectivas. Brasília: Sociedade Brasileira de Educação Matemática - SBEM, GT7, 2018. p. 125-153. Disponível em: http://sbembrasil.org.br/files/tematicas_emergentes.pdf . Acesso em: 4 ago. 2019.

ESQUINCALHA, A. C. Conhecimentos Revelados por Tutores em um Curso de Formação Continuada para Professores de Matemática na Modalidade Distância. 170 f. Doutorado em Educação Matemática: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2015.

FIORENTINI, D. Formação e desenvolvimento profissional de docentes que formam matematicamente futuros professores. In: D. Fiorentini, A. M. Nacarato, (Org.). Cultura, formação e desenvolvimento profissional de professores que ensinam matemática. São Paulo: Musa Editora, 2005, p. 68-88.

FIONTENTINI, D.; OLIVEIRA, M. T. de C. C. de. O lugar das Matemáticas na Licenciatura em Matemáticas: que matemáticas e que práticas formativas? Bolema. Rio Claro (SP), v.27, n.47, p. 917-938, dez.2013.

GATTI, B. A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista USP, n. 100, p. 33-46, 18 fev. 2014. Disponível em http://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/76164/79909 acesso em 09/11/2019.

GONÇALVES, T. O. Formação e desenvolvimento profissional de formadores: o caso dos professores de Matemática da UFPA. 206 p. Tese de Doutorado em Educação Matemática. Faculdade de Educação, UNICAMP, Campinas. SP, 2000.

GONÇALVES, T. O.; FIORENTINI, D. Formação e desenvolvimento profissional de docentes que formam matematicamente futuros professores. In FIORENTINI. D. (Org.) Cultura, formação e desenvolvimento profissional de professores que ensinam Matemática: investigando e teorizando a partir da prática. São Paulo: Musa Editora, GEPFPM-PRAPEM-FE/UNICAMP, p. 68-88, 2005.

JARDIM, J. J. dos S. Aprender-ensinar matemática: um novo olhar para a formação de futuros professores dos anos iniciais do ensino fundamental. 229 p.: Tese de Doutorado em Educação Matemática, Universidade Anhanguera de São Paulo, SP, 2016.

LAVE, J.; WENGER, E. Situated learning: Legitimate peripheral participation. New York and Cambridge, UK: Cambridge University Press. 1991.

LOUGHRAN, J. Professionally developing as a teacher educator. Journal of Teacher Education, New York, v. 65, n. 4, p. 271-283, 1 set. 2014.

LUDKE, M.; ANDRE, M. Pesquisa em Educação: Abordagens Qualitativas. São Paulo, EPU. 2013.

MATOS, M. G. Concepções de Matemática e de Seu Ensino: experiências e reflexões de professores formadores de professores em um curso de licenciatura de proposta integrada e interdisciplinar. Doutorado em Educação em Ciências e Matemáticas. Universidade Federal do Pará, Belém. 2018.

MEIRA, G. D. Formação de Professores de Matemática: um estudo das contribuições da Psicologia'23/03/2016 263 f. Doutorado em Educação Matemática Instituição de Ensino: PUC/SP, São Paulo.2016.

MIZUKAMI, M. G. N. Aprendizagem da docência: algumas contribuições de L.S.Shulman. Revista Educação da UFMS, v. 29, n. n 02, p. 33-49, 2004.

NACARATO, A. M.; MENGALI, B. L. S.; PASSOS, C. L. B. A matemática nos anos iniciais do ensino fundamental: tecendo fios do ensinar e do aprender. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2014.

NORMAN, A. Teachers’ mathematical knowledge of the concept of function. In: DUBINSKY, E.; HAREL, G. (Ed.). The concept of function – Aspects of epistemology and pedagogy, MAA Notes 25, 1992, p. 215-234.

PASSOS, C. L. B. Que Geometria Acontece na Sala de Aula? In: MIZUKAMI, M. da G.N.; REALI, A. M. M. R. Processos Formativos da Docência: conteúdos e práticas. São Carlos: EDUFSCar, 2005.

PIRES, R. F. Função: concepções de professores e estudantes dos ensinos médio e superior. Doutorado em Educação Matemática. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.

PONTE, J. P. DA; SERRAZINA, L. Professores e formadores investigam a sua própria prática: o papel da colaboração. Zetetike, v. 11, n. 2, p. 9-55, 19 fev. 2003.

SZTAJN, P. O que precisa saber um professor de Matemática? – uma revisão da literatura americana dos anos 90. Educação Matemática em Revista- SBEM, Ano 9, ed. especial, p. 17-28, 2002.

SFARD, A. Operational Origins of Mathematical Objects and the quandary of reification – The case of function. In: DUBINSKY, E.; HAREL, G. (Ed.). The concept of function – Aspects of epistemology and pedagogy, MAA Notes 25, 1992. p. 59-84.

SIERPINSKA, A. On understanding the notion of function. In: DUBINSKY, E.; HAREL, G. (Ed.). The concept of function – Aspects of epistemology and pedagogy, MAA Notes 25, 1992. p. 25-58.

SILVA, S.R.L. dos S. Professores do curso de licenciatura em Matemática em início de carreira no ensino superior. Doutorado em Educação Matemática. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.

SHULMAN, L. Those who understand: Knowledge growth in teaching. Educational Researcher, v. 15, n. 2, 1986, p. 4-14.

SHULMAN, L. Knowledge and Teaching: Foundations of the new reform. Havard Education Review, v. 57, n. 1, fev. 1987. p. 1-22.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, R.J.: Editora Vozes, 2002.

TINTI, D. S. Aprendizagens Docentes Situadas em uma Comunidade de Prática Constituída a Partir do OBEDUC. 260 f. Doutorado em Educação Matemática. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.

VINNER, S. The function concept as a prototype for problems in mathematics learning. In: DUBINSKY, E.; HAREL, G. (Ed.). The concept of function – Aspects of epistemology and pedagogy, MAA Notes 25, 1992, p. 195-214.

WENGER, E; MCDERMOTT, R.; SYNDER, W. Cultivating Communities of Practice: Havard Business School Press Boston, Massachussets, 2002.

Publicado

26/06/2020

Como Citar

SILVA, A. da F. G.; ALENCAR, E. S. de; PRADO, M. E. B. B. Docência nos cursos de formação de professores que ensinam matemática: o que as pesquisas revelam?. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. esp2, p. 1051–1522, 2020. DOI: 10.21723/riaee.v15iesp2.13824. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/13824. Acesso em: 25 fev. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)