Diversidade e diferença: representações sociais no espaço educacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v16i4.14269

Palavras-chave:

Representações Sociais, Diversidade, Diferença, Educação

Resumo

Este artigo é uma revisão narrativa, e seu objetivo foi identificar o panorama da produção acadêmica nacional pertinente aos temas diversidade e diferença na perspectiva da Teoria das Representações Sociais no campo da Educação. A literatura acadêmica e a científica têm publicado diversos estudos que investigam esses fenômenos sociais. Nessa direção, procuramos aprofundar a temática realizando pesquisas nas bases de artigos e periódicos indexados, como o Portal de Periódicos da CAPES e SCIELO, relativos aos anos de 2010 a 2018. No decorrer do texto, depois de feita a análise descritiva dos trabalhos, procedeu-se a uma interpretação qualitativa dos trabalhos. Os resultados indicaram que o número de estudos que tratam da diversidade e da diferença no espaço educacional é incipiente e, quando se apresentam, são atravessados pelo fenômeno da inclusão de pessoas com deficiência ou abordam a questão da diversidade sexual e racial. Nesse sentido, a diversidade e a diferença não atendem a todos, pois só incluem determinadas categorias e deixam de fora as demais. Foi possível perceber que esses temas ainda são delicados no contexto da Educação. A questão da diversidade e da diferença na educação sugere uma discussão acerca dos vários processos de exclusão social e a participação da escola nesses processos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Cristina Morais Souza, Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa – PB

Professora do Centro de Educação. Doutorado em Educação (UFF).

Carmem Lúcia Vidal Perez, Universidade Federal Fluminense (UFF), Niterói – RJ

Professora da Faculdade de Educação. Doutorado em Educação (USP). Pós-Doutorado em Filosofia da Educação (UNICAMP).

Referências

ABRIC, J.-C. Abordagem estrutural das representações sociais. In: MOREIRA, A. S. P. (Org.). Estudos interdisciplinares de representação social. 2. ed. Goiânia: AB, 2000. p. 27-38.

ALVES, W. B.; RANGEL, M. A escola no espelho. Niterói: Eduff, 2019.

BOBBIO, N. Elogio da serenidade e outros escritos morais. São Paulo: UNESP, 2002.

CATÃO, M. F. F. M.; COUTINHO, M. P. L. Representações sociais e mediação da conversão psicológica indivíduo sociedade. In: COUTINHO, M. P. L.; LIMA, A. S. (org.). Representações sociais: abordagem interdisciplinar. João Pessoa: Editora Universitária, 2003. p. 184-191.

COUTINHO, M. P. L. Depressão Infantil e Representação Social. 2. ed. João Pessoa, PB: Ed. Universitária UFPB, 2005.

COUTINHO, M. P. L. Depressão infantil: uma abordagem psicossocial. João Pessoa, PB: Editora Universitária, 2001.

ELIAS, C. S. R. et al. Quando chega o fim?: uma revisão narrativa sobre terminalidade do período escolar para alunos deficientes mentais. SMAD, Rev. Eletrônica Saúde Mental Álcool Drog. (Ed. port.), Ribeirão Preto, v. 8, n. 1, p. 48-53, abr. 2012. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-69762012000100008. Acesso em: 10 mar.2020.

JODELET, D. Folies et représentations sociales. Paris: PUF, 1989.

JODELET, D. Representações sociais: um domínio em expansão. In: JODELET, D. (org.). As representações sociais. Rio de Janeiro: Ed. UERJ, 2001. p. 17-41.

JODELET. D. Os processos psicossociais da exclusão. In: SAWAIA, B. (org.). As artimanhas da exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade social. Petropólis, RJ: Vozes, 2006. p. 53-66.

LOCKMANN, K.; TRAVERSINI, C. S. Saberes morais, psicológicos, médicos e pedagógicos e seus efeitos na inclusão escolar. In: THUMA, A. S.; HILLESHEIM, B. (org.). Política de inclusão: gerenciando riscos e governando as diferenças. Santa Cruz: EDUNISC, 2011.

LOURO, G. L. Currículo, gênero e sexualidade – O “normal”, o “diferente” e o “excêntrico”. In: LOURO, G. L.; FELIPE, J.; GOELLNER, S. V. (org.). Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo na educação. 6. ed. Petrópolis, RJ: Vozes 2010.

MINAYO, M. C. O Conceito de Representações Sociais dentro da Sociologia Clássica. In: JOVCHELOVITCH, S., GUARESCHI, P. (org.). Textos em Representações Sociais. Petrópolis, RJ: Vozes, 1994.

MORGADO, F. F. R. et al. Representações sociais sobre a deficiência: perspectivas de alunos de educação física escolar. Rev. Bras. Ed. Esp., Marília, v. 23, n. 2, p. 245-260, abr./jun. 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-65382017000200245&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 22 maio 2020.

MORIN, E. O paradigma perdido: a natureza humana. Lisboa: Europa-América, 1973.

MOSCOVICI, S. A representação social da Psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

MOSCOVICI, S. Representações sociais: investigação em Psicologia Social. 11. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015.

MOSCOVICI, S. Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003

NEVES, A. L. M. et al. Representações sociais de professores sobre a diversidade sexual em uma escola paraense. Revista Quadrimestral de Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, São Paulo, v. 19, n. 2, p. 261-269, maio/ago. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-85572015000200261. Acesso em: 22 maio 2020.

OLIVEIRA, A. A. S. As representações sociais sobre educação inclusiva e o ato de ensinar na diversidade: a pessoalidade do professor em cena. Revista Educação Especial, Santa Maria, v. 30, n. 59, p. 643-656, set./dez. 2017. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/28084. Acesso em: 23 jun. 2020.

ORRÚ, C. M. S. F. O discurso da inclusão; o direito a diferença. In: UYENO, E. Y.; MASCIA, M. A. A. (org.). Mal-estar na inclusão: como (não) se faz. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2014. p. 341-356.

PAULINO, A. C. O. B.; COUTINHO, M. P. L.; COSTA, F. G. Apreendendo a inclusão social sob o olhar das representações. Estudo e Pesquisas em Psicologia, Rio de Janeiro, v. 18, n. 3, p. 773-792, set./dez. 2018. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revispsi/article/view/40448. Acesso em: 23 jun. 2020.

RANGEL, M. (org.). Diversidade, diferença e multiculturalismo. Niterói: Intertexto, 2011.

ROCHA, V. L. B.; RANGEL, M. A diversidade sexual permeada pela teoria das representações sociais: uma revisão narrativa. Revista Ibero-americana de estudos em educação, v. 11, n. 2, p. 783-794, abr./jun. 2016. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8215. Acesso em: 20 jul. 2020.

ROTHER, E. T. Revisão sistemática X revisão narrativa. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 20, n. 2, abr./jun. 2007. Disponível em: https://acta-ape.org/article/revisao-sistematica-x-revisao-narrativa/. Acesso em: 19 nov.2019.

SÁ, C. P. Representações sociais: o conceito e o estado atual da teoria. In: SPINK, M. J. (org.). O conhecimento do cotidiano: as representações sociais na perspectiva da Psicologia Social. São Paulo: Brasiliense, 2004. p. 19-45.

SILVA JUNIOR, J. A. Rompendo a mordaça: representações sociais de professores e professoras do ensino médio sobre homossexualidade. 2010. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

SILVA, C. F. J. As representações sociais acerca da criança negra na educação infantil e os mecanismos de discriminação. Revista Eventos Pedagógicos, desigualdade e diversidade étnico-racial na educação infantil, v. 6, n. 4 p.323-341, nov./dez. 2015. Disponível em: http://sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/eventos/article/view/1990. Acesso em: 10 jun. 2021.

SOUZA, E. J. et al. Diversidade sexual na escola: uma análise das representações sociais de educadores/as. Revista Educação e Cultura Contemporânea, v. 11, n. 25. p. 390, 422, 2014. Disponível em: http://periodicos.estacio.br/index.php/reeduc/article/viewArticle/841. Acesso em: 10. jul.2020.

SOUZA, E. J. et al. Representações de docentes acerca da diversidade sexual e homofobia. Estudos feministas. Florianópolis. v. 25, n. 2, p. 519-544, maio/ago. 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-026X2017000200519&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 10 mar.2020.

ZUCCHETTI, D. T. A inclusão escolar vista sob a ótica de professores da educação básica. Educação em Revista. Belo Horizonte, v. 27, n. 2, p. 197-218, ago. 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-46982011000200010&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 20 ago. 2020.

Publicado

21/10/2021

Como Citar

SOUZA, S. C. M.; PEREZ, C. L. V. Diversidade e diferença: representações sociais no espaço educacional. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 4, p. 2720–2740, 2021. DOI: 10.21723/riaee.v16i4.14269. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/14269. Acesso em: 24 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos