Formação continuada em educação física e práticas de promoção de saúde

Estudos relacionados

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v17i3.16399

Palavras-chave:

Formação Continuada, Educação Física, Promoção de saúde

Resumo

Este artigo estabelece um quadro analítico de estudos relacionados à temática formação continuada em educação física e práticas de promoção de saúde. A metodologia utilizada é a de abordagem qualitativa, a partir do levantamento bibliográfico, denominado “estudos relacionados”, por meio da catalogação, tabulação e análise de dados obtidos nos títulos, resumos e metodologia de artigos científicos. Como resultado, a pesquisa apresentou limitações e fragilidades das discussões sobre a formação continuada em educação física e práticas de promoção de saúde, e acerca da necessidade de uma formação no âmbito das práticas de promoção de saúde na educação física escolar, tendo em vista que neste componente curricular ainda encontramos muitos desafios sobre o conhecimento relacionado à saúde. Confirmamos, portanto, a significância e premência de debates sobre a promoção de saúde na Educação Física escolar. Em especial, no que diz respeito à formação continuada e prática pedagógica dos professores inseridos nas instituições de educação básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Stela Lopes Soares, Centro Universitário INTA (UNINTA), Sobral – CE – Brasil

Coordenadora do Curso de Educação Física. Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física Escolar (GEPEFE/UECE). Doutorado em Educação (PPGE/UECE).

Viviany Caetano Freire Aguiar, Centro Universitário INTA (UNINTA), Sobral – CE – Brasil

Professora do Curso de Educação Física. Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física Escolar (GEPEFE/UECE). Mestrado em Ensino na Saúde (UECE).

Ricardo Kenji Shiosaki, Universidade de Pernambuco (UPE), Petrolina – PE – Brasil

Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Formação de Professores e Práticas Interdisciplinares (PPGFPPI). Integrante do Grupo de Pesquisas em Desempenho Humano (GPEDH/UPE). Doutorado em Ciências Biológicas (UFPE).

Paulo Adriano Schwingel, Universidade de Pernambuco (UPE), Petrolina – PE – Brasil

Universidade de Pernambuco (UPE), Petrolina – PE – Brasil. Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Reabilitação e Desempenho Funcional (PPGRDF). Lider do Grupo de Pesquisas em Desempenho Humano (GPEDH/UPE). Doutorado em Medicina e Saúde (UFBA).

Heraldo Simões Ferreira, Universidade Estadual do Ceará (UECE), Fortaleza – CE – Brasil

Professor Adjunto do Curso de Educação Física e Professor Permanente no Programa de Pós-Graduação em Educação (UECE). Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física Escolar (GEPEFE/UECE). Doutorado em Saúde Coletiva (UECE).

Referências

BRACANENSE, C. F. Qualidade de vida no trabalho: Discurso dos profissionais de saúde da estratégia saúde da família. 2014. Dissertação (Mestrado em Atenção em Saúde) – Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2014. Disponível em: https://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFTM_ffc8b61a225e9634680d8cb58a0fca19. Acesso em: 14 dez. 2021.

CALEGARI, C. R. O Perfil profissional docente dos egressos da faculdade de educação física da universidade federal de Uberlândia/MG. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação Física, Esporte e Saúde) – Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2017. Disponível em: http://200.131.62.27/bitstream/tede/460/5/Dissert%20Carmem%20R%20Calegari.pdf. Acesso em: 14 dez. 2021.

COPETTI, J. Intervenções Educativas em saúde com professores e alunos do ensino fundamental por meio da problematização. 2013. Tese (Doutorado em Educação em Ciências) – Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul, 2013. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/handle/1/3536. Acesso em: 06 jan. 2022.

COSTA, A. P. Formação do profissional de Educação Física para atuação da saúde pública. 2016. Dissertação (Mestrado em Ensino em Ciências da Saúde) – Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: https://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFSP_90cfa43b58dfad25dec79c542d40f06c. Acesso em: 25 jan. 2022.

COSTA, J. C. G. Atuação docente em educação física escolar na educação de jovens e adultos: Um convite a ampliar as ações de promoção da saúde. 2018. Dissertação (Mestrado em Ensino em Biociências e Saúde) – Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2018. Disponível em: https://bdtd.ibict.br/vufind/Record/CRUZ_ed65503dfa6f7bc0c355533b3dd65794. Acesso em: 23 jan. 2022.

GARCIA, C. M. Formação de professores. Para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.

IVO, A. M. S. Avaliação Qualitativa das Academias da Saúde de Belo Horizonte: A Ótica dos Atores. 2019. Tese (Doutorado em Enfermagem) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2019. Disponível em: https://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFMG_2fc175ab732f5c0c132cc12f2f1b96f8. Acesso em: 19 jan. 2022.

MARTINEZ, J. F. N. Educação física e saúde pública: A inserção do profissional de educação física em um núcleo de apoio à saúde da família (Goiânia/GO). 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) – Universidade Federal de Goiás, 2014. Disponível em: https://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFG_98a3620e06c88627f3acb5dcd53e5e07. Acesso em: 12 jan. 2022.

MENDES, V. M. As práticas corporais e a Clínica Ampliada: A Educação Física na atenção básica. 2013. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de São Paulo, 2013. Disponível em: h https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39133/tde-23052013-121424/en.php. Acesso em: 17 jan. 2022.

OLIVEIRA, V. J. M. Saúde na Educação Física Escolar: Ambivalência e prática pedagógica. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2014. Disponível em: https://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFES_1c9ced85267bbe31785ff2019a0fdb2f > Acesso em 09 jan. 2022.

PIRES, M. R. Análise dos programas de atividade física dos municípios pertencentes à microrregião de saúde de Uberaba – MG. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação Física, Esporte e Saúde) – Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2016. Disponível em: https://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFTM_c25a037842cb746baf26578613273cfb.

Acesso em: 10 jan. 2022.

RIBEIRO, A. E. Sentidos atribuídos pelos alunos com deficiência e pelos professores às aulas de Educação Física escolar. 2018. Dissertação (Mestrado em Enfermagem Psiquiátrica) – Universidade Federal de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-03062019-155237/en.php. Acesso em: 12 jan. 2022.

ROBERTO, M. S. Práticas de promoção da saúde no contexto do SUS: Mapeando significados junto a usuários em uma UBS capixaba. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2016. Disponível em: https://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFES_40b06d03ce32ee78adcdb4b5b6d0c18d. Acesso em: 12 jan. 2022.

SOARES, H. M. Implementação da política nacional de humanização: Olhar dos gerentes da atenção primária à saúde. 2013. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde) – Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2013. Disponível em: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/257. Acesso em: 12 jan. 2022.

Publicado

01/07/2022

Como Citar

SOARES, S. L.; AGUIAR, V. C. F.; SHIOSAKI, R. K.; SCHWINGEL, P. A.; FERREIRA, H. S. Formação continuada em educação física e práticas de promoção de saúde: Estudos relacionados. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 17, n. 3, p. 1958–1976, 2022. DOI: 10.21723/riaee.v17i3.16399. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/16399. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Relatos de Pesquisas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.