Uso de roteiros didáticos e modelos anatômicos, alternativos, no ensino-aprendizagem nas aulas práticas de anatomia humana

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.2016.v11.n1.p223

Palavras-chave:

Anatomia humana, Aprendizagem, Ensino,

Resumo

O processo ensino- aprendizagem apresenta- se complexo e difícil no que diz respeito à Anatomia Humana. Com isso, o aprimoramento de recursos didáticos aplicado ao ensino desta disciplina, mostra- se como uma tendência satisfatória e estimula a participação do aluno como sujeito ativo na busca por novas informações, dando suporte indispensável ao processo ensino- aprendizagem. O objetivo do estudo foi de verificar a existência e utilização de roteiros didáticos e modelos anatômicos nas aulas práticas de Anatomia Humana. O estudo constituiu- se de uma revisão sistemática descritiva, desenvolvida com produção científica indexadas nas bases eletrônicas de dados do LILACS, MEDLINE, GOOGLE ACADÊMICO e SCIELO; assim como em anais de congressos brasileiros. Dentre os 17 artigos encontrados, 9 abordavam o uso de modelos anatômicos, 7 mostravam outros métodos utilizados e apenas 1 sobre a utilização de manual didático em aula prática desta disciplina. A partir do estudo, pode- se observar que o uso de roteiros didáticos para o ensino em aulas práticas de Anatomia Humana é um método inovador e que a utilização de modelos anatômicos, alternativos, vem mostrando resultados positivos no processo ensino- aprendizagem. Porém, estes métodos, jamais, poderão substituir o uso do cadáver no ensino da referida disciplina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gleidially Nayara Bezerra Moraes, Graduação em Fisioterapia. UPE - Universidade de Pernambuco. Petrolina – PE – Brasil. 56328-903

Graduanda em Fisioterapia pela Universidade de Pernambuco - UPE Campus Petrolina. Desenvolve projeto de pesquisa na área de Fisioterapia, com ênfase em saúde da criança e saúde da mulher.

Paulo Adriano Schwingel, UPE - Universidade de Pernambuco. Petrolina – PE – Brasil. 56328-903

Graduado em Educação Física na Escola de Educação Física (ESEF) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Mestre e Doutor em Medicina e Saúde (PPgMS) na Faculdade de Medicina da Bahia (FMB) da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atualmente é Professor Adjunto no Colegiado de Nutrição e Coordenador Setorial de Pós-graduação e Pesquisa da Universidade de Pernambuco (UPE) Campus Petrolina e Professor Colaborador no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde (FCM-ICB) da UPE; é Professor Participante no PPgMS da UFBA; e participa como fisiologista esportivo no Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Na UFBA integra o grupo de estudos em Esteato-Hepatite Não Alcoólica, onde relaciona a função hepática com nível de atividade física, indicadores antropométricos e uso de drogas e suplementos que melhoram o desempenho físico. No CPB atua como especialista convidado na Seleção Brasileira de Natação Principal. Na UPE é líder do Grupo de Pesquisa em Nutrição, Alimentos e Saúde, avaliando marcadores nutricionais, fisiológicos, morfológicos e bioquímicos aplicados ao desempenho humano. Neste contexto, desenvolve projetos de pesquisa com os seguintes temas: consumo de recursos ergogênicos lícitos e ilícitos entre praticantes de atividades físicas; efeito do treinamento físico e da ingesta alimentar em distintas populações; avaliação nutricional e dietética em atletas amadores e de alto rendimento; novas tecnologias e microinformática aplicadas ao ensino das Ciências da Saúde; avaliação e prescrição de atividades físico-esportivas para o alto rendimento. No ano de 2014 foi credenciado como docente visitante no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (UFRGS-UFSM-FURG), orientando na linha de pesquisa educação científica: processos de ensino e aprendizagem na escola, na universidade e no laboratório de pesquisa.

Edivaldo Xavier Silva Júnior, UPE - Universidade de Pernambuco. Petrolina – PE – Brasil. 56328-903

Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas pela Faculdade Frassinetti do Recife (2005), especialização em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife (2006). Mestrando do programa de Educação em Ciências pelas UFRGS/UFSM/FURG. Atualmente é Professor Auxiliar de Anatomia Humana, Neuroanatomia, Citologia e Inglês Instrumental da Universidade de Pernambuco-UPE, Campus Petrolina. Vice-coordenador do Curso de Fisioterapia.  Tem experiência nas áreas de Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia e Ciências Biológicas, atuando principalmente nos seguintes temas: saúde, meio ambiente, anatomia humana, neuroanatomia e citologia.

Downloads

Publicado

11/04/2016

Como Citar

MORAES, G. N. B.; SCHWINGEL, P. A.; SILVA JÚNIOR, E. X. Uso de roteiros didáticos e modelos anatômicos, alternativos, no ensino-aprendizagem nas aulas práticas de anatomia humana. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 11, n. 1, p. 223–230, 2016. DOI: 10.21723/riaee.2016.v11.n1.p223. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/7305. Acesso em: 21 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)