Ética em pesquisa: implicações para a educação superior

Autores

  • Antonio Bosco de Lima Pesquisador CNPq e FAPEMIG. UFU - Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia – MG – Brasil. 38408-678

DOI:

https://doi.org/10.21723/RIAEE.v11.esp.1.p516

Palavras-chave:

Ética, Pesquisa em educação, Educação superior, Controle, Produção acadêmica,

Resumo

A ética, como movimento histórico, é resultado de combinações, negociações, disputas de projetos, enfim, de integração entre partes com divergências e diversidades. Nos últimos anos, o tema tem sido recorrente na educação superior, quando se trata da pesquisa e de sua submissão ao parecer de comissões de ética instaladas em todos os territórios do Brasil. Problematiza-se, neste artigo, a concepção de ética, abordada em uma perspectiva sociológica, relatando o movimento sobre os Comitês, na década de 2010, e suas influências nas orientações sobre a pesquisa, a elaboração e a divulgação de conhecimentos. A metodologia utilizada foi a pesquisa teórica, explorando produções em livros, artigos em periódicos e noticiários divulgados pelas mídias impressas e digitais, bem como, alguns debates realizados em instituições acadêmicas.

Downloads

Publicado

04/05/2016

Como Citar

LIMA, A. B. de. Ética em pesquisa: implicações para a educação superior. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 11, n. esp.1, p. 516–526, 2016. DOI: 10.21723/RIAEE.v11.esp.1.p516. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8571. Acesso em: 4 mar. 2021.