Experiências docentes na formação inicial: o processo formativo de professores de educação física

Victor Julierme Santos da Conceição, Jessica Serafim Frasson, Elisandro Schultz Wittizorecki, Hugo Norberto Krug

Resumo


O objetivo dessa pesquisa foi compreender quais experiências docentes assumem protagonismos no processo formativo dos estudantes do curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC). Para isso, entrevistamos cinco estudantes de graduação (quatro mulheres e um homem) que cursavam a oitava fase do curso de licenciatura em Educação Física, que já haviam concluído todos os estágios curriculares obrigatórios e as práticas como componente curriculares ofertadas pelo curso. Compreendemos que o constituir-se professor é um processo carregado de ações e sentidos, movidos por saberes que mobilizam a prática pedagógica dos estudantes em formação inicial, por meio das reflexões críticas sobre o seu exercício docente.


Palavras-chave


Experiência docente; Processo formativo; Educação física; Formação inicial.

Texto completo:

PDF PDF (Español (España))

Referências


BERGER, P.; LUCKMANN, T. A construção Social da Realidade: tratado de sociologia do conhecimento. 34. ed. Petrópolis: Vozes, 2012.

CALDEIRA, A. M. S. A formação de professores de Educação Física: quais saberes e quais habilidades? Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, v. 22, n. 3, p. 87-103, maio, 2001.

CONCEIÇÃO, V. J. S. da; FRASSON, J. S.; BOROWSKI, E. B. A influência da socialização sobre o percurso docente dos professores de Educação Física no início da carreira. Pensar a Prática, Goiânia, v. 17, n. 2, p. 472-484, jan./mar. 2014.

CONTRERAS DOMINGO, J. El saber de la experiencia en la formación inicial del profesorado. Revista Interuniversitaria de Formación del Profesorado, n. 78 (27,3) p. 125-136, 2013.

CONTRERAS DOMINGO, J.; PÉREZ DE LARA, N. La experiencia y la investigación educativa. In: CONTRERAS DOMINGO, José. Investigar la experiencia educativa. Madri, p. 21 – 86, 2010.

DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. Introdução: a disciplina e a prática da pesquisa qualitativa. In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (Orgs.). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, p. 15-41, 2006.

DUBAR, C. A Socialização. Construção das identidades sociais e profissionais. Porto: Porto Editora, 1996.

DUBET, F. Sociologia da experiência. Lisboa: Instituto Piaget, 1994.

FLORES, M. A. Algumas reflexões em torno da formação inicial de professores. Educação, Porto Alegre, v. 33, n. 3, p. 182-188, setembro 2010.

GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. 2. ed. Ijuí: Editora Unijuí, 2006.

HUBERMAN, M. Ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, A (org.) Vida de Professores. 2. ed. Porto: Porto Editora, p. 31-61, 1995.

KRUG, H. N. et al. Estágio Curricular Supervisionado em Educação Física: significado e importância sob a ótica dos acadêmicos do curso de licenciatura. In: Simpósio Nacional De Educação Física, XXVII, 2008, Pelotas. Anais... Pelotas: UFPEL, 2008.

GARCIA, C. M. Formação de Professores: Para uma Mudança Educativa. Marcelo, Garcia. Estudo sobre estratégias de inserção profissional na Europa. Revista Iberoamericana de Educación, n. 19, p. 101-144, 1999.

MARCELO GARCIA, Carlos. O professor iniciante, a prática pedagógica e o sentido da experiência. Formação Docente, Belo Horizonte, v. 03, n. 03, p. 11-49, ago./dez., 2010.

MIZUKAMI, M. da G. N. Docência, Trajetórias Pessoais e Desenvolvimento Profissional. In: REALI, Aline Maria de Medeiros Rodrigues. MIZUKAMI, M. G. N. Formação De Professores. São Carlos: EDUFSCAR, 1996.

MOLINA NETO, V. La cultura del profesorado de Educación Física de las escuelas públicas de Porto Alegre. 489 f. Tese (Doutorado). Programa de Doctorado “Innovació curricular i formació del profesorat” Bienio 1992-1994, UB, Barcelona, 1996.

MOLINA NETO, V. Etnografia: uma opção metodológica para alguns problemas e investigação no âmbito da Educação Física. In: MOLINA NETO, V.; TRIVIÑOS, A. N. S. A pesquisa qualitativa em Educação Física: alternativas metodológicas. 3. ed. Porto Alegre: Ed. Sulina, p. 113-146, 2010.

NEGRINE, A. Instrumentos da coleta de informações na pesquisa qualitativa. In: MOLINA NETO, Vicente; TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Souza. A pesquisa qualitativa na Educação Física: alternativas metodológicas. 3. ed. Porto Alegre: Sulina, p. 61-93, 2010.

PÉREZ GÓMEZ, A. I. A cultura escolar na sociedade neoliberal. Porto Alegre, ARTMED, 2001.

PIMENTA, S. G. Professor: formação, identidade e trabalho docente. In: PIMENTA, S. G. (org.) Saberes pedagógicos e atividade docente. 3. ed., São Paulo: Cortez, p. 15-34, 2002.

PIMENTA, S. G. Formação de Professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, S. G (Org.) Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo (SP): Cortez, 2005.

SILVA, V. S. de O. e; ALMEIDA JUNIOR, A. S. de. O Lugar da Experiência Docente no Processo De Formação Inicial Em Educação Física: Um Relato Autobiográfico. In: III Congresso Sudeste de Ciências do Esporte, Mega Eventos esportivos no Brasil: seus impactos e a participação popular, Anais... Niterói – RJ, 2010.

SOARES, D. H. P. A escolha profissional do jovem e do adulto. São Paulo: Summus, 2002.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 4. ed., Petrópolis, RJ, Vozes, 2002.

TARDIF, M.; RAYMOND, D. Saberes, tempo e aprendizagem do trabalho no magistério. Educação & Sociedade, Campinas, v. 21 n. 73, dez., 2000.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 2008.

VALLE, I. R. do. A era da profissionalização: formação e socialização profissional do corpo docente de 1ª a 4ª série. Florianópolis: Cidade Futura, 2003.




DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v14i4.9748



Direitos autorais 2018 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.