Dialogando sobre a BNCC, o currículo e a sua interferência Para a formação de professores

Sawana Araújo Lopes de Souza, Maraiane Pinto de Sousa, Wilson Honorato Aragão

Resumo


A BNCC configura-se como proposta curricular que direciona os estados e municípios para a reformulação e ressignificação dos currículos. Nisso está incluído a formação inicial e continuada dos professores da educação básica, uma vez que a LDB (9.394/96) apresenta como categoria de adequação curricular à BNCC. O presente trabalho visa analisar as referências apresentadas na BNCC para a implementação dos novos currículos no que concerne a formação dos professores. Dessa forma, tem-se como problemática: como está sendo construído o diálogo na BNCC entre o currículo e a formação de professores. Metodologicamente trata-se de uma investigação com abordagem qualitativa e do tipo documental. Concluímos que este documento serve de parâmetro para compreendermos como a formação docente é pensada a luz da Base, visto que os profissionais da educação básica serão os protagonistas na dinâmica do currículo dentro da sala de aula.


Palavras-chave


Educação; BNCC; Formação de professores; Currículo.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


ADRIÃO, T.; PERONI. V. A formação das novas gerações como campo para os negócios. In: AGUIAR, Márcia Ângela da S.; DOURADO, Luiz Fernandes (Orgs). A BNCC na contramão do PNE 2014-2024: avaliação e perspectivas. [Livro Eletrônico]. Recife: ANPAE, 2018.

AGUIAR, M. A. S.; DOURADO, Luiz Fernandes (Orgs). A BNCC na contramão do PNE 2014-2024: avaliação e perspectivas. [Livro Eletrônico]. Recife: ANPAE, 2018.

APPLE, M. W. Educando a direita. Mercados, padrões, Deus e Desigualdades. São Paulo: Cortez: Instituto Paulo Freire, 2003.

BALL, Stephen. Educational reform: a critical and post-structural approach. Buckingham: Open University Press, 1994.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: http://portal.mec.gov.br. Acesso em: 13 fev. 2019.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação (nº 9394/1996). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 13 fev. 2015.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para o ensino fundamental de nove anos. Resolução CNE/CEB nº 7/ 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/conselho-nacional-de-educacao/atos-normativos--sumulas-pareceres-e-resolucoes?id=12816. Acesso em: 13 jul. 2019

BRASIL. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação-PNE e dá outras providencias. Brasília, DF: Ministério da Educação, [2014]. Disponível em: http://pne.mec.gov.br/. Acessado em: 29 jul. 2019.

BRASIL. Plano Nacional de Educação. Lei nº 13005/2014. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2015.

BRASIL. Resolução nº 2, de 1º de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/agosto-2017-pdf/70431-res-cne-cp-002-03072015-pdf/file. Acessado em: 29 jul. 2019.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (versão final). 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/wp-content/uploads/2018/02/bncc-20dez-site.pdf. Acesso em: 20 mar. 2018.

BRASIL. Resolução nº 1, de 2 de julho de 2019. Altera o Art. 22 da Resolução CNE/CP nº 2, de 1º de 2015, que define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Acesso em 13 de ago. de 2019

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 229 p., 2011.

DOURADO, L. F. Formação de profissionais do magistério da Educação Básica: novas diretrizes e perspectivas. Comunicação & Educação, n. 1, p. 27-39, 2016.

FREITAS, L. C. A reforma empresarial da educação - nova direita, velhas ideia. Editora Expressão Popular. p. 160, 2018

LOPES. A. C. Apostando na produção contextual do currículo. In: AGUIAR, Márcia Ângela da S.; DOURADO, Luiz Fernandes (Orgs). A BNCC na contramão do PNE 2014-2024: avaliação e perspectivas. [Livro Eletrônico]. Recife: ANPAE, 2018.

LUDKE, M.; MARLI, E. D. A. André. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. 2ª Ed. Rio de Janeiro: E.P.U.2013.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 13. ed. São Paulo: Hucitec, 2013.

SILVA, T. T. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 156 p. 1999.




DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v24i2.13536



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.