Formação e ação docente na perspectiva sócio-histórica: um olhar para humanização dos sujeitos na educação

Jacqueline Daniele França de Almeida, Marta Silene Ferreira Barros, Taira Sanches Rabal

Resumo


O estudo proposto tem por objetivo principal compreender o processo de humanização e emancipação dos sujeitos, considerando a formação dos profissionais da educação como significante na Educação Escolar. A justificativa para a realização da pesquisa se dá pela identificação de uma educação atual que tem invertido as prioridades em relação a sua finalidade, desse modo, o espaço que poderia contribuir para a concepção de indivíduos desenvolvidos em suas máximas potencialidades, acaba ficando a serviço da manutenção do sistema capitalista. O problema que suscitou a investigação se resume em: quais as premissas necessárias para uma ação docente que transcenda a lógica do capital e conduza à humanização dos indivíduos na sociedade? Na metodologia do estudo optou-se por uma abordagem qualitativa, pautada na pesquisa bibliográfica para elaboração do corpo teórico, sobretudo sob os princípios da Pedagogia Histórico-Crítica e a Psicologia Histórico-Cultural, ambas fundamentadas pelos fundamentos do materialismo histórico-dialético. Os resultados acabam por revelar uma prática pedagógica fragilizada pela falta de consciência e intencionalidade das atividades propostas, isso não desassociando a escola de toda a conjuntura da sociedade a qual está inserida, que por sua vez tem um sistema econômico vigente que “dialoga” não só com a economia, mas com o modo de produzir, de se relacionar, de pensar, de agir.  Ainda assim, pode-se avaliar que mesmo com os obstáculos dentro do contexto escolar, há possibilidades de superação para uma formação de sujeitos preparados visando à humanização.

Palavras-chave


Educação; Formação; Ação docente; Humanização.

Texto completo:

PDF PDF (Español (España)) XML

Referências


BERNARDES, Maria Eliza Malttosinho. Mediações simbólicas na atividade pedagógica: contribuições da Pedagogia Histórico-Cultural para o ensino e aprendizagem. 1. ed. Curitiba, PR:CRV, 2012.

CHAVES, Marta. Formação contínua e práticas educativas: possibilidades humanizadoras. In: CAÇÃO, Maria Izaura.; MELLO, Suely Amaral.; SILVA. Vandeí Pinto da. (Org). Educação e desenvolvimento humano: contribuições da abordagem Histórico-cultural para a educação escolar. Jundiaí, Paco Editorial: 2014.

DIAS, Edmundo Fernandes. A liberdade (im)possível na ordem do capital: reestruturação produtiva e passivização. Campinas SP: IFCH/UNICAMP, 1997.

DUARTE, Newton. Os conteúdos escolares e a ressurreição dos mortos: contribuições à teoria histórico-crítica do currículo. Campinas, SP: Autores Associados, 2016.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Míni Aurélio: o dicionário da língua portuguesa. 8. Ed. – Curitiba: Positivo, 2010.

FILHO, Armando Marino. Humanização e escola como comunidade. In: MILLE, Stela.; BARBOSA, Maria Valeria.; MENDONÇA, Sueli Guadalupe de Lima (Org.). Educação e humanização: as perspectivas da teoria histórico-cultural. Jundiaí: Paco Editora, 2014.

LESSA, Sergio. Para compreender a ontologia de Lukács. 3. ed. Ijuí: Unijuí, 2007.

LUKÁCS, Gyorgy. Ontologia del ser social: el trabajo. 1. ed. Buenos Aires: Herramienta, 2004, p. 35-53.

MARX, Karl. O 18 brumário de Luiz Bonaparte. São Paulo: Centauro, 2003.

MELLO, Sueli Amaral. Infância e humanização: algumas considerações na perspectiva histó-rico-cultural. Florianópolis, 2007. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/perspectiva/article/viewFile/1630/1371. Acesso em: 20 ago. 2017.

MÉSZAROS, István. O desafio e o fardo do tempo histórico: o socialismo no século XXI. Trad. Ana Cotrim; Vera Cotrim. São Paulo: Boitempo, 2007, p. 195-223.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia Histórico-crítica: primeiras aproximações. 11. ed. Campi-nas, SP: Autores Associados, 2011.

SAVIANI, Dermeval.; DUARTE, Newton. (Org.). Pedagogia histórico-crítica e luta de classes na educação escolar. Campinas, SP: Autores Associados, 2012.




DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v14i1.11143



Direitos autorais 2019 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.