Tendências da produção científica dos professores dos cursos de Educação Física da região Centro-Oeste

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v15i4.13418

Palavras-chave:

Educação física, Epistemologia, Formação profissional.

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar uma análise crítica da produção científica dos professores doutores que atuam nas Instituições de Ensino Superior públicas do Centro-Oeste. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica por envolver a investigação, seleção e registro da literatura sobre o objeto pesquisado, e análise documental, pois parte da pesquisa se trata da análise de teses de doutorado. Para a análise dos dados, utilizamos a abordagem quanti-qualitativa. As análises indicam a hegemonia do caráter biológico e da biodinâmica nas produções científicas dos professores analisados, principalmente em relação às principais tendências temáticas e referenciais teóricos utilizados nas teses de doutorado. Esta tendência reflete o panorama vivido pela área nas últimas décadas, que privilegia a fragmentação do conhecimento da Educação Física entre ciências biológicas e saúde (ciências naturais) e ciências humanas e sociais (ciências humanas), prevalecendo a subárea biológica em detrimento das subáreas sociocultural e pedagógica.

Biografia do Autor

Luizmar Júnior Vieira da Silva, Universidade Federal de Goiás (UFG), Jataí – GO

Professor Substituto no curso de Educação Física. Pós-Graduando em Educação.

Michele Silva Sacardo, Universidade Federal de Goiás (UFG), Jataí – GO

Professora Adjunta no curso de Educação Física e no Programa de Pós-Graduação em Educação. Doutorado em Educação (UFSCAR).

Referências

CARDOSO, A. E.; SACARDO, M. S. A produção do conhecimento dos docentes dos cursos de Educação Física no Estado do Ceará. Filosofia e Educação [RFE], Campinas, v. 8, n. 3, 2017.

CHAVES-GAMBOA, M.; GAMBOA, S. S.; TAFFAREL, C. Produção do conhecimento em Educação Física no Nordeste brasileiro: o impacto dos sistemas de pós-graduação na formação dos pesquisadores da região. Campinas, SP: Librum, 2017.

CHAVES-GAMBOA, M.; GAMBOA, S. S.; TAFFAREL, C. A pesquisa em Educação Física no Nordeste brasileiro (Alagoas, Bahia, Pernambuco e Sergipe): 1982-2004: balanço e perspectivas. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 20, n. 1, p. 89-106, 2007.

DELLA FONTE, S. S. Contra o ceticismo epistemológico: as contribuições de Lukács e Bhaskar. In: COLÓQUIO MARX E ENGELS, 4. 2005, Campinas. Anais [...]. Campinas-SP, 2005.

DELLA FONTE, S. S. Agenda pós-moderna e neopositivismo: antípodas solidários. Educ. Soc., Campinas, v. 31, n. 110, p. 35-56, jan./mar. 2010.

GAMBOA, S. S. Reações ao giro linguístico: o "giro ontológico", ou o resgate do real independente da consciência e da linguagem. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 15.; CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 2., 2007, Recife. Anais [...]. Recife: CONICE, CONBRACE, 2007.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

KUNZ, E. Pós-graduação em Educação Física no Brasil: o fenômeno da hiperprodutividade e formação cultural. Revista Kinesis, v. 30, n. 1, p. 1-13, jan./jun. 2012.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodologia Científica. 5. ed. São Paulo: Atlas 2011.

MANOEL, E. J.; CARVALHO, Y. M. Pós-graduação na Educação física Brasileira: a atração (fatal) para a biodinâmica. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 2, p. 389-406, maio/ago. 2011.

MEDINA, J. P. S. A Educação Física cuida do corpo... e ‘’mente’’: novas contradições e desafios do século XXI. 25. ed. Campinas, SP: Papirus, 2010.

SACARDO, Mi. S. Estudo bibliométrico e epistemológico da produção científica em Educação Física na Região Centro-Oeste do Brasil. 2012. 257 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2012.

SOARES, C. L. Educação Física: raízes europeias e Brasil. 3. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2004.

VENTURA, P. R. V. As matrizes teóricas do conhecimento científico. Texto Didático. Goiânia: DEFD/UCG, 2008.

VENTURA, P. R. V. A Educação Física e sua constituição histórica: desvelando ocultamentos. 2010. 208 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2010.

Publicado

01/04/2020

Como Citar

VIEIRA DA SILVA, L. J.; SACARDO, M. S. Tendências da produção científica dos professores dos cursos de Educação Física da região Centro-Oeste. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. 4, p. 1919–1938, 2020. DOI: 10.21723/riaee.v15i4.13418. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/13418. Acesso em: 5 mar. 2021.