A filosofia na educação básica: concepções e práticas dos professores do ensino médio

Autores

  • Wanderley da Silva UFRRJ - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Pós-Graduação em Educação Agrícola. Seropédica - RJ – Brasil. 23897-000

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.2016.v11.n1.p67

Palavras-chave:

Filosofia, Educação básica, Didática,

Resumo

Este texto deriva de uma atividade prática desenvolvida na disciplina Ensino de Filosofia no ano de 2015 e tem como objetivo divulgar e refletir sobre alguns dados extraídos de uma pesquisa qualitativa com docentes de filosofia do Ensino Médio. A pesquisa buscou realizar um levantamento dos principais métodos, recursos e objetivos didáticos utilizados pelos docentes que lecionam filosofia nos municípios do Rio de Janeiro, Seropédica, Nova Iguaçu e Paracambi. Além dos dados, as análises aqui presentes buscam ajudar na elucidação do atual estágio da disciplina na Educação Básica, assim como reafirmar a importância, desafios e possibilidades da atividade filosófica na escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wanderley da Silva, UFRRJ - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Pós-Graduação em Educação Agrícola. Seropédica - RJ – Brasil. 23897-000

IE/DTPE/Professor Adjunto de Ensino de Filosofia

Downloads

Publicado

11/04/2016

Como Citar

SILVA, W. da. A filosofia na educação básica: concepções e práticas dos professores do ensino médio. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 11, n. 1, p. 67–80, 2016. DOI: 10.21723/riaee.2016.v11.n1.p67. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8366. Acesso em: 21 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos