A inclusão de pessoas com deficiência e necessidades educativas especiais no ensino regular: vozes e significados

Elizabeth Regina Streisky de Farias, Gilmar De Carvalho Cruz

Resumo


Este texto objetiva relatar a pesquisa realizada em duas escolas públicas do município de Irati, no estado do Paraná. A pesquisa teve como objetivo analisar a trajetória escolar de alunos com deficiência e os resultados de aprendizagem deles. A pesquisa foi realizada em três etapas, sendo a primeira a observação do cotidiano escolar, nos vários espaços e tempos que compõem a escola. Já a segunda etapa, consistiu em observações realizadas em sala de aula. A terceira etapa contemplou as entrevistas semiestruturadas com os professores que aceitaram participar da pesquisa, na busca da identificação das concepções dos docentes sobre a inclusão dos alunos no ensino comum. A fundamentação desta pesquisa partiu da abordagem histórico-cultura, que tem como autores de referência: Vygotsky (1991), Leontiev (1978). Também foram consultados autores que tratam da aprendizagem de alunos com deficiência, como Stainbach e Stainbach (1992). Utilizou-se também de autores que tratam do cotidiano escolar, como Heller (1970, 1987).  A análise dos resultados indicou que, apesar do acesso à escola esteja garantido, por meio da legislação vigente, o cotidiano da escola não sofreu significativa mudança, o que não contribuiu com o sucesso de aprendizagem dos alunos. Porém, compreende-se que a aprendizagem dos alunos com deficiência é possível e ações interventoras de professores podem contribuir de forma significativa no aprendizado dos alunos com deficiência. 


Palavras-chave


Inclusão; Escolarização de pessoas com deficiência; Cotidiano escolar.

Texto completo:

PDF PDF (Español (España)) XML

Referências


BEYER, O. H. Da integração escolar a educação inclusiva: implicações pedagógicas. In: BAPTISTA, C. et al. (Orgs.). Inclusão e escolarização: múltiplas perspectivas. Porto Alegre: Mediação, 2006.

BRASIL. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Política Nacional de Educação Especial. Brasília, 1994. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=16690-politica-nacional-de-educacao-especial-na-perspectiva-da-educacao-inclusiva-05122014&Itemid=30192. Acesso em: 07 de agosto de 2016.

FERNANDES, S. Fundamentos para Educação Especial. Curitiba: Ed. IBPEX, 2006.

FIGUEIREDO, R. V. (Relatório de pesquisa) Gestão da Aprendizagem na Diversidade. Universidade Federal do Ceará. 2008.

GLAT, R. (Org.) Educação Inclusiva: cultura e cotidiano escolar. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2007.

HELLER, A. O cotidiano e a história. 4. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1970.

HELLER, A. Sociologia de la vida cotidiana. 2. ed. Barcelona: Península, 1987.

LEONTIEV, A. N. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Horizonte Universitário, 1978.

LIBÂNEO, J.C. Didática. São Paulo: Cortez, 1991.

MANTOAN, M. T. E. Inclusão escolar: o que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

MANTOAN, M. T. E.; PRIETO, R. G.; ARANTES, V. A. (Orgs.). Inclusão escolar: pontos e contrapontos. São Paulo: Summus, 2006.

MICHELS, M.H. O que há de novo na formação do professor da educação especial. Rev. Educ. Espec., Santa Maria, v. 24, n. 40, p. 219-232, maio/ago. 2011. Disponível em: http://www.ufsm.br/revistaeducacaoespecial. Acesso: 24 de maio de 2016.

STAINBACK, S.; STAINBACK, W. (Orgs.). Curriculum considerations in inclusive classrooms: facilitating learning for all students. Baltimore: Brookes, 1992.

VITALIANO, C. R.; MANZINI, E. J. A formação inicial de professores para inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais. In: _______. (Org.). Formação de professores para a inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais. Londrina: EDUEL, 2010. p. 49-112.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Mar¬tins Fontes, 1991.




DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v14i3.11777



Direitos autorais 2019 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.