O projeto de vida no Novo Ensino Médio

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v18i00.16266

Palavras-chave:

Projeto de vida, BNCC, Novo Ensino Médio

Resumo

Esse artigo versa sobre projeto de vida, elemento que ganhou centralidade no Ensino Médio na última reforma educacional. Para tanto, busca a definição do termo advindo do campo da psicologia e questiona como ele adentra ao campo educacional. Visando compreender o caminho de inserção na educação, a pesquisa faz um levantamento dos documentos norteadores desde a primeira ocorrência em 1998 até a versão homologada da BNCC. A presente reflexão destaca as interferências do campo econômico que apoiaram e defenderam a implementação do projeto de vida como eixo central do Ensino Médio, e indica como ele passou a ser componente curricular após recomendações do Consed e dos livros específicos selecionados pelo PNLD

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Karine Braggio, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Professora do Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS). Doutora em Educação (UEM).

Rosangela da Silva, Universidade Federal de Alagoas

Doutora em Ciências Sociais.

Referências

ALVES; M. F.; OLIVEIRA, V. A. Política Educacional, Projeto de Vida e Currículo do Ensino Médio: teias e tramas formativas. Revista Humanidades & Inovação, v. 7, n. 8, 2020.

AMAZONAS. Referencial Curricular Amazonense do Ensino Médio. Manaus: SEED, 2021.

ARANTES, V. A. et al. Projetos de vida, juventude e educação moral. International Studies on Law and Education, Porto, n. 23., maio/ago. 2016.

ARANTES, V. Projeto de Vida e Educação em Valores. [Entrevista concedida a Iungo]. Live Iungo Convida: Projetos de Vida. Abril, 2020. Disponível em: https://iungo.org.br/projeto-de-vida-e-educacao-em-valores. Acesso em: 25 jan. 2022.

ARAÚJO, U. F.; ARANTES, V.; PINHEIRO, V. Projetos de Vida: fundamentos psicológicos, éticos e práticas educacionais. São Paulo: Summus, 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei n. 9.394 de 20 de dezembro 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: MEC, 23 dez. 1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 25 jan. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução CEB/CNE n. 3, de 26 de junho de 1998. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília: MEC, 1998. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rceb03_98.pdf. Acesso em: 25 jan. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio (PCN): Ciências Humanas e suas Tecnologias. Brasília: MEC, 2000.

BRASIL. Ministério da Educação. Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN+): Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias. Brasília: MEC, 2002.

BRASIL. Ministério da Educação. Orientações Curriculares para o ensino médio. Volume 1: Linguagem, Códigos e suas Tecnologias. Brasília: MEC, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: versão preliminar. Brasília: MEC, 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: segunda versão. Brasília: MEC, 2016a.

BRASIL. Emenda Constitucional n. 95, de 15 de dezembro de 2016. Altera o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, para instituir o Novo Regime Fiscal, e dá outras providências. Brasília: Presidência da República, 2016b. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc95.htm. Acesso em: 25 jan. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei n. 13.415 de 16 de fevereiro de 2017. Altera as Leis nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e 11.494, de 20 de junho 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, e o Decreto-Lei nº 236, de 28 de fevereiro de 1967; revoga a Lei nº 11.161, de 5 de agosto de 2005; e institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Brasília: MEC, 17 fev. 2017. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/lei/l13415.htm. Acesso em: 25 jan. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: versão homologada. Brasília, 2018a.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: terceira versão. Brasília, 2018b.

BRASIL. Ministério da Educação. Contribuições das audiências públicas da BNCC etapa ensino médio. 2018c. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=70301. Acesso em: 25 jan. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação–Geral dos Programas do Livro. Edital de Convocação Nº 03/2019 – CGPLI. PNLD 2021. Brasília: MEC, CGPLI, 27 nov. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Guia Digital PNLD 2021: projetos integradores e projeto de vida. Brasília: MEC, 2020.

CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE EDUCAÇÃO (CONSED). UNDIME. Seminários Estaduais da BNCC: posicionamento conjunto de Consed e Unidme sobre a segunda versão da Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2016.

CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE EDUCAÇÃO (CONSED). Recomendações e Orientações para elaboração e arquitetura curricular dos Itinerários Formativos. Brasília, 2019.

DAMON, W. O que o jovem quer da vida? Como pais e professores podem orientar e motivar os adolescentes. São Paulo: Summus, 2009.

DAMON, W.; MENON, J.; BRONK, K. C. The Development of Purpose During Adolescence. Applied Developmental Science, Stanford, v. 7, n. 3, p. 119-128, 2003.

DELLAZZANA-ZANON, L. L.; FREITAS, L. B. L. Uma revisão de literatura sobre a definição de Projeto de Vida na Adolescência. Interação Psicologia, Curitiba, v. 19, n. 2, p. 281-292, maio/ago. 2015.

FUNDAÇÃO LEMANN. Projeto de Vida: o papel da escola na vida dos jovens. 2018.

INSTITUTO AYRTON SENNA. Base Nacional Comum Curricular: Ensino Médio: Contribuições do Instituto Ayrton Senna. 13 set. 2018.

LIMA, J. F. (Relator). Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Parecer da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação n. 05, de 04 de maio de 2011. Brasília: CEM, 2011.

MELLO, G. N. (Relatora). Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Parecer técnico da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação nº 15/1998. Brasília: CEB, 01 jun. 1998.

MUNARO, E. Ciclo de Debates 2018: BNCC. [Entrevista concedida a Itaú Social]. [S. l.: s. n.], 2018. 1 vídeo (1 min). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=TdohaOvbjxY. Acesso em: 25 jan. 2022.

NOVA ESCOLA. BNCC na prática: aprenda tudo sobre as competências Gerais. 2018.

SOARES NETO, J. J. (Relator). Parecer técnico do Conselho Pleno do Conselho Nacional de Educação n. 15, de 4 de dezembro de 2018. Brasília: CNE, 04 dez. 2018.

VIEIRA, G. P.; DELLAZZANA-ZANON, L. L. Projetos de Vida na Adolescência: uma revisão sistemática da literatura. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, v. 13. n. 3, 2020.

WINTERS, C. et al. Desenvolvimento Juvenil Positivo e projeto de vida: uma revisão sistemática da literatura internacional. Cadernos de Educação: reflexões e debates, São Paulo, v. 17, n. 35, jul./dez. 2018.

Publicado

04/07/2023

Como Citar

BRAGGIO, A. K.; SILVA, R. da. O projeto de vida no Novo Ensino Médio. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 18, n. 00, p. e023041, 2023. DOI: 10.21723/riaee.v18i00.16266. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/16266. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos teóricos

Artigos Semelhantes

1 2 3 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.