A educação infantil em foco: desafios e perspectivas para a educação dos bebês

Jaqueline Delgado Paschoal, Gilmara Lupion Moreno, Marta Regina Furlan de Oliveira, Marta Silene De Barros

Resumo


O artigo discute o trabalho pedagógico nas escolas infantis, a partir das concepções de professoras que atuam no berçário. O objetivo se justifica por problematizar o descompasso existente entre o que pensam e o que fazem essas profissionais, já que, na prática, os cuidados relacionados ao corpo da criança acontecem de maneira mecânica e dissociada de um trabalho intencionalmente educativo. Para se verificar como essa questão é entendida pelas professoras, foi aplicado um questionário com questões abertas que buscou levantar aspectos da organização do trabalho pedagógico com bebês. Os resultados indicam que, do ponto de vista prático, ainda há equívocos bastante significativos na atuação dessas profissionais, já que a preocupação é somente com a higiene e com a segurança física dos bebês. Assim, é necessário que sejam pensadas ações pedagógicas, para o berçário, que considerem o ensino como possibilidade educativa no trabalho com os bebês, visando ao seu aprendizado e ao desenvolvimento integral.


Palavras-chave


Educação. Concepções. Práticas. Professoras. Crianças.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v11.n4.8530



Direitos autorais 2016 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.