O trabalho do pedagogo nas entidades sociais: análise das ações pedagógicas integradas às políticas públicas de assistência social

Autores

  • Karen Amaral do Nascimento Oliveira
  • José Anderson Santos Cruz Faculdade de Ciências e Letras, FCLAr/UNESP, Araraquara; Faculdade Anhanguera, Bauru https://orcid.org/0000-0001-5223-8078
  • Antônio Walter Ribeiro de Barros Júnior
  • Michelle Beatriz Godoy de Mattos
  • Sandra Mara Volpato

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v21.n1.2017.9453

Palavras-chave:

Serviço social. Pedagogia e educação. Formação e atuação do pedagogo. Assistência social.

Resumo

Apresentam-se aqui, as possibilidades sobre a atuação do pedagogo nas organizações sociais, integrando as diretrizes e intencionalidades das políticas públicas da assistência social. Desta maneira pretende levantar possíveis reflexões a respeito da assistência social no Brasil, a formação do pedagogo, suas funções no campo do trabalho social, assim como a sua contribuição para o alcance dos objetivos das políticas públicas de assistência social. Serão abordados tais conceitos a partir de pesquisa bibliográfica onde os indicadores das hipóteses foram levantados de maneira empírica para elucidar conceitos, hipóteses e a comprovação das questões inicialmente levantadas. Através desta pesquisa alguns desafios foram apontados, esclarecendo-nos que o trabalho do pedagogo nas entidades sociais, ou seja, a pedagogia social está intrinsecamente ligada aos conceitos de educação social, educação não formal e a educação integral dos indivíduos; a amplitude desses conceitos junto à desvalorização do profissional pedagogo que atua no campo social potencializa a importância de não cessarmos nossa busca pela clareza e reconhecimento do pedagogo social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karen Amaral do Nascimento Oliveira

Pós-graduada em Serviço Social e Gestão de Projetos Sociais, pela Universidade Educacional Anhanguera em Bauru – SP. Graduada em pedagogia, pela Universidade do Sagrado Coração de Jesus em Bauru – SP Licenciada em Pedagogia. Coordenadora Pedagógica e Gestora de Projetos Sociais e Culturais, nesta mesma organização.

José Anderson Santos Cruz, Faculdade de Ciências e Letras, FCLAr/UNESP, Araraquara; Faculdade Anhanguera, Bauru

Doutorando em Educação Escolar: Política e Gestão Educacional pela Faculdade de Ciências e Letras - FCLAr/UNESP - Araraquara/SP (Pesquisa sobre Metodologias Ativas - MAs, especialmente a Sala de Aula Invertida - SAI, Blended Learning). Desenvolvendo trabalhos e pesquisas sobre Internacionalização da Educação, Estudos sobre TVD entre Brasil, Portugal e Espanha. Estudos sobre DOI, indexação para revistas científicas. Avaliador das Revistas: Educitec - AM e Cadernos de Educação, Tecnologia e Sociedade - IFG. Mestre em Educação Assistida por Televisão Digital (UNESP) - Programa de Pós-graduação em TV Digital: Informação e Conhecimento (Atual Programa de Pós-graduação Mídias e Tecnologias - desde 07/2015) pela FAAC-UNESP-Bauru/SP ( Pesquisa sobre a Formação Profissional Inicial do Professor Universitário mediante o cenário das tecnologias e convergência tecnológica e midiática - era digital - mediação pedagógica com os meios de comunicação e tecnologias digitais). Professor Tutor em Metodologia da Pesquisa Cientifica na Pós-graduação da Faculdade Anhanguera de Bauru. Graduado em Tecnologia em Marketing pela Faculdade Anhanguera de Bauru/SP. Especialista em Antropologia pela Universidade Sagrado Coração-USC, Bauru/SP. Especialista em Didática e Metodologia do Ensino Superior e MBA Gestão Estratégica de Negócios pela Faculdade Anhanguera Bauru/SP. Membro da INTERCOM Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. Consultor em Marketing e Comunicação, Palestrante, Gestor de Projetos e Eventos. Consultor em Serviços e Estratégias no segmento Beleza. Palestrante. Coordenação e Gestão de Projetos, Eventos Corporativos e Educacionais. Interesse e pesquisas nas áreas de Marketing, Comunicação, Mídias, Produção de Sentido, Análise do Discurso, Educação, Comunicação em Moda, Negócios, Criação, Pesquisa de Mercado, Embelezamento Pessoal, Consumidor, Administração, Relações Públicas, Comunicação e Mídia no Serviço Social, Politicas Públicas, Visagismo, Construção de Identidade, TV Digital, Educomunicação. Relações Públicas acerca das questões do Serviço Social, Análise do Discurso, Cibercultura e demais áreas que envolvem a Comunicação. Experiência em planejamento e análise de mercado; Estudo e Análise de viabilidade Econômica; Construção e desenvolvimento do Plano de Marketing e outros; Serviços de Coordenação e Supervisão de Equipes; Controle de vendas; Seleção, Desenvolvimento e Treinamento de Pessoal; Gestão de Pessoas. Supervisão Pedagógica; Administração de Departamento/Filial/Franquia; Participação de feiras e execução de eventos. Docente em cursos de especialização em cursos no segmento de beleza, visagismo, colorimetria. Integrante do Grupo de Estudos: Inovação: Planejamento estratégico, Processos Participativos e Avanços Tecnológicos (dgp.cnpq.br/dgp/espelholinha/7620460647196325191028). Orcid: http://orcid.org/0000-0001-5223-8078 - Researchgate: https://www.researchgate.net/profile/Jose_Santos_Cruz (Texto informado pelo autor).

Lattes: http://lattes.cnpq.br/2419735299778580


Antônio Walter Ribeiro de Barros Júnior

Prof. Dr. Adjunto Especial da Universidade Sagrado Coração. Graduado em Direito Instituição Toledo de Ensino (1993), mestrado em Letras e Artes (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (2002) e doutorado em Letras e Artes (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (2008). Atualmente cursa Gastronomia na Universidade do Sagrado Coração (2015). Líder do Grupo de Pesquisa Certificado pelo CNPq Ensino de Língua e Literatura e do Grupo de Pesquisa Tecnologias, Estudo Dirigido e Educação, na Universidade do Sagrado Coração, em Bauru-SP

Michelle Beatriz Godoy de Mattos

Mestre em Comunicação Midiática, pós-graduada em Docência no Ensino Superior, Didática e Metodologia do Ensino Superior e graduada em: Publicidade e Propaganda; Pedagogia e cursando Filosofia. Atua na área acadêmica como professora da Graduação e Pós-Graduação, exerce também a função de coordenadora da Pós-Graduação, além de atuar como docente de filosofia no ensino fundamental II, médio e cursinho

Referências

BALEEIRO, Alionar; SOBRINHO, Barbosa. Constituições Brasileiras1946. 3ª Edição. Brasília. Subsecretaria de Edições Ténicas. 2012.

BEHRING, Elaine Rossetti. BOSCHETTI, Ivanete. Política Social: fundamentos e história. 9ª edição. São Paulo: Editora Cortez, 2011.

BOING, Angela; SILVA, Maria Boenno. A educação e o pedagogo para além dosespaços escolares. Disponível em: <http://www.educardpaschoal.org.br/web/fundacao-artigos-ver.asp?aid=100?>. Acesso em: 17 dez. 2015.

BRASIL (a), Código Civil (1946). Constituição Federal. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao46.htm>. Acesso em: 17 dez. 2015.

BRASIL (b), Código Civil (1988). Constituição Federal. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/ConstituicaoCompilado.htm> Acesso em: 17 dez. 2015.

BRASIL (c), Código Civil (1993). Lei Orgânica de Assistência Social. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8742.htm>. Acesso em: 17 dez. 2015.

BRASIL (d), Ministério do Desenvolvimento e Combate a Fome. (2005) Plano Nacional de Assistência Social – PNAS. Disponível em: <http://www.mds.gov.br/assistenciasocial/arquivo/Politica%20Nacional%20de%20Assistencia%20Social%202013%20PNAS%202004%20e%202013%20NOBSUAS-sem%20marca.pdf>. Aceso em: 17 dez. de 2015.

BRASIL (e), Ministério daEducação (2005). Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Pedagogia. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/pcp05_05.pdf>. Acesso em: 17 dez. 2015

CARIDE, José Antônio. Las fronteras de la pedagogia social. Perspectivas científica e histórica. Barcelona: Gedisa, 2005. 285p.

CERONI, Mary Rosane. O Perfil do Pedagogo para atuação em Espaços NãoEscolares. Disponível em: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?pid=MSC0000000092006000100040&script=sci_arttext>. Acesso em 17 dez. 2015.

CRUZ, José Anderson Santos.; BIZELLI, José Luís. Docência para o ensino superior: inovação, informação e construção do conhecimento na era digital. Cad. Ed. Tec. Soc., Inhumas, v. 8, n.1, p. 79-90, 2015. Disponível em: < http://cadernosets.inhumas.ifg.edu.br/index.php/cadernosets/article/view/227/130>. Acesso em: 17 dez. 2015.

DEMO, Pedro. Política Social, Educação e Cidadania. Campinas, SP: Papirus, 1994.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. Saberes Necessários à Prática educativa. 25ª Edição. São Paulo: Paz e Terra, 1996. 54p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Indignação. Cartas Pedagógicas e outros escritos. 1ª Edição. São Paulo: Paz e Terra, 2014.155p.

GENEROSO, Claudiney. O Serviço Social como gestor de projetos sociais e o trabalho emequipe. Valinhos: Anhanguera Educacional, 2014. Disponível em: <http://anhanguera.com>. Acesso em : 17 de dez. 2015.

GOHN, Maria da Glória. Educação não formal e o educador social: atuação no desenvolvimento de projetos sociais. São Paulo: Cortez, 2010.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos, para quê? 8ª ed. São Paulo: Cortez, 2005.

MACHADO, Evelcy Monteiro. Pedagogia Social no Brasil: Políticas, teorias, e práticas em construção. Disponível em: http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2009/anais/pdf/PAL010.pdf. Acesso em: 17 dez. 2015.

PINTO, Roberto Perez. Terceiro Setor, Voluntariado e Responsabilidade Social. Valinhos: Anhanguera Educacional, 2014. Disponível em: <http://anhanguera.com> Acesso em: 17 de dezembro de 2015.

REZENDE, Maria José de. A Ditadura Militar no Brasil: repressão e pretensão de ligitimidade 1964-1984 [livro eletrônico]. 1º Livro Eletrônico. Londrina. Eduel 2013. Disponível em: < http://www.uel.br/editora/portal/pages/arquivos/ditadura%20militar.pdf>. Acesso em: 01 dez. 2015.

RIZOTTI, Maria. A construção do sistema de proteção social no Brasil: avanços e retrocessos na legislação social. Disponível em: <http://sisnet.aduaneiras.com.br/lex/doutrinas/arquivos/construcao.pdf>. Acesso em: 17 dez. 2015.

SANTIAGO, Emerson. República do Café com Leite. Disponível em: <http://www.infoescola.com/historia-do-brasil/revolucao-de-1930/>>. Acesso em: 17 de dez. 2015.

SERRÃO, Maria Isabel Batista. Aprender a Ensinar. São Paulo: Cortez, 2006.

SILVA, Fernando Guimarães Oliveira.Formação do pedagogo e as possibilidades de inserção profissional em espaços educativos não formais. Disponível em: http://meuartigo.brasilescola.com/educacao/formacao-pedagogo-as-possibilidades-insercao-profissional-.htm>. Acesso em: 17 dez. 2015.

TAVARES, Andrezza; SANTOS, Fábio. Educação Social, Pedagogia Social e Espaços Não – Escolares: Horizontes conceituais necessários para o acolhimento de sujeitos emrisco na perspectiva do desenvolvimento humano. Disponível em: <http://www.senept.cefetmg.br/galerias/Anais_2010/Artigos/GT8/EDUCACAO_SOCIAL.pdf>. Acesso em:17 dez. 2015.

Downloads

Publicado

15/01/2017

Como Citar

OLIVEIRA, K. A. do N.; CRUZ, J. A. S.; BARROS JÚNIOR, A. W. R. de; MATTOS, M. B. G. de; VOLPATO, S. M. O trabalho do pedagogo nas entidades sociais: análise das ações pedagógicas integradas às políticas públicas de assistência social. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, p. 227–247, 2017. DOI: 10.22633/rpge.v21.n1.2017.9453. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/9453. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)